Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Enel firma acordo com UFF para pagamento de dívida de R$ 19,8 milhões - Jornal Brasil em Folhas
Enel firma acordo com UFF para pagamento de dívida de R$ 19,8 milhões


A concessionária de distribuição de energia Enel Distribuição Rio firmou acordo com a Universidade Federal Fluminense (UFF) para pagamento da dívida de R$ 19,8 milhões da instituição universitária, referente a contas de luz vencidas. Em nota divulgada hoje (8), a Enel esclarece que, do total, já recebeu R$ 6,2 milhões da UFF, no final de dezembro passado. O restante da dívida será pago em parcelas a partir deste mês de janeiro.

Cerca de R$ 3 milhões foram pagos com recursos do orçamento da própria universidade, enquanto R$ 2,9 milhões foram repassados via termo de descentralização pelo Ministério da Educação (MEC), de acordo com informação da assessoria de imprensa da UFF.

O reitor da universidade, Sidney Mello, comemorou a religação do fornecimento da energia da reitoria, como parte do acordo assinado, além da energização dos novos prédios do Instituto Biomédico, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, e do Serviço de Psicologia Aplicada, situado em Campos, no norte do estado. Mello disse que o saldo do débito “será parcelado em 24 meses, com base em negociação a ser levada ao MEC.

O reitor lembrou que o Instituto Biomédico, inaugurado em 2014, não estava operando por falta de energia: “Nada melhor do que começar o ano de 2018 com o funcionamento do nosso novo Instituto Biomédico”, comemorou Mello. Ele disse ainda que, ao longo deste mês, os professores já podem começar a planejar a mudança para o novo espaço.

O vice-reitor da UFF, Antonio Claudio da Nóbrega, destacou que o acordo inaugura uma nova fase do relacionamento da instituição com a Enel, que pode avançar “no desenvolvimento de parcerias em torno de projetos sustentáveis, de eficiência energética, visando o bem da UFF e da comunidade em geral”.

O novo Instituto Biomédico está localizado no Valonguinho, região central de Niterói. Com sete andares, o prédio abriga laboratórios, salas de reunião e auditório para atender às atividades de pesquisa de diversos programas de graduação e pós-graduação da UFF em vários campos do conhecimento.

Segundo a UFF, o prédio foi construído com conceito de sustentabilidade, destacando o reaproveitamento de água, descarte de resíduos atendendo a normas de biossegurança, energia com gerador e canalização de gases especiais.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Após recorde, Ibovespa fecha em queda e dólar em alta
UFBA abre edital com vagas para pessoas trans, quilombolas e indígenas
Museu da Imigração lança programa de residência artística em SP
Parlamento da Venezuela prepara declaração de usurpação da Presidência
Parlamento britânico rejeita acordo para saída do Reino Unido da UE

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212