Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 RN: paralisados há 20 dias, policiais buscam resolver impasse - Jornal Brasil em Folhas
RN: paralisados há 20 dias, policiais buscam resolver impasse


Com as atividades paralisadas desde o dia 19 de dezembro, policiais militares, civis e bombeiros militares do Rio Grande do Norte estão reunidos hoje (9) com vereadores de Natal, a fim de apresentar suas reivindicações. Paralelamente, outras lideranças de classes buscam resolver impasses com a secretária da pasta responsável pelo setor, Sheila Freitas.

A categoria suspendeu parte de suas atividades após o atraso do pagamento de salários e em protesto às condições de trabalho e decidiu, ontem (8) à noite, manter o movimento. Embora os salários de novembro tenham sido pagos, estão pendentes o de dezembro e o décimo terceiro salário.

Membros da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (Acspmrn) iniciaram, às 10h (11h de Brasília), uma assembleia, no Clube Tiradentes, em Natal, para expor o que foi discutido com o governo estadual na noite de ontem. O presidente da associação, Roberto Campos, informou que entidades organizaram um documento com 18 reivindicações e que nenhuma delas pede mais que as condições básicas para prestar serviços à sociedade. O governo realmente sucateou toda a estrutura de segurança. O pouco que se fazia era realizado se os policiais dessem um jeitinho. Na hora em que pararam de dar um jeitinho, o sistema travou. Nosso movimento é extremamente pacífico, somos homens ordeiros, complementou.

A vice-presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos dos Policiais Militares (PMs) e Bombeiros Militares (Asspmbm-RN), Márcia de Carvalho Fernandes, comentou que os PMs estão comparecendo aos quartéis, mantendo assim a frequência do expediente. Márcia acrescentou que, agora, não adianta receber esses pagamentos e ficar sem saber dos próximos. O Exército, a Guarda Municipal e a Força Nacional estão tentando suprir [o atendimento à população], mas eles não lutam com a criminalidade diariamente como nós, não conhecem as regiões. Fica complicado para eles, mas estão dando apoio, declarou.

Segundo a diretora financeira do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN), Eva Carvalho, o movimento conta com o apoio da população, que compreende a precariedade e as deterioradas condições de trabalho que envolvem o setor. Não é um movimento grevista, é um movimento de estado de necessidade, disse. Os trabalhadores do sindicato restringem seu funcionamento com base na escala de plantão.

De acordo com a diretora, na manhã dessa segunda-feira (8) um grupo de psicólogos voluntários ofereceu aos policiais atendimento gratuito. Grupos também se organizaram para receber e distribuir cestas básicas doadas por potiguares e cearenses. Aproximadamente mais de 20 famílias aguardavam contribuições. A Arquidiocese de Natal também lançou uma campanha para arrecadar alimentos não perecíveis para os PMs.

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson de Faria, também se reúne hoje com deputados estaduais, na Assembleia Legislativa, para discutir a situação da segurança pública. No último sábado (6), ele decretou estado de calamidade no setor.

No dia 31 de desembro, o desembargador Claudio Santos, do Plantão Judicial do Tribunal de Justiça do estado, determinou a prisão dos agentes que divulgassem ou estimulassem o movimento. A decisão foi rechaçada pelo Ministério Público, que entrou com um pedido de habeas corpus coletivo para evitar a prisão dos policiais.

 

Últimas Notícias

Não será fácil, mas é viável votar a reforma da Previdência em fevereiro, diz Maia
Acusado de lesar Chile em ranking do Banco Mundial nega motivação política
Chile vê como imoralidade erro do Banco Mundial em ranking de competitividade
Metodologia do Banco Mundial prejudicou países em ranking de competitividade
Veículos podem ser apreendidos por débito de IPVA
Na despedida de Isanulfo, governador afirma que Goiás perde um mestre da gestão e do jornalismo
Governador decreta luto de três dias pelo falecimento de Isanulfo Cordeiro
Temer e ministros fazem caminhada e reunião sobre cenário econômico

MAIS NOTICIAS

 

Tantas pontuações já não significam nada, afirma premiado chef francês
 
 
Leonardo DiCaprio protagonizará filme de Tarantino sobre Charles Manson
 
 
DiCaprio vai estrelar filme de Tarantino sobre assassinatos de Charles Manson
 
 
Palestinos buscam dar uma resposta a Trump sobre Jerusalém
 
 
Países e organizações indignados com Trump por declarações racistas
 
 
Oliver Stone assina petição para que Lula possa disputar eleição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212