Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Bombardeios contra zona rebelde perto de Damasco deixa 24 mortos - Jornal Brasil em Folhas
Bombardeios contra zona rebelde perto de Damasco deixa 24 mortos


Ao menos 24 civis, entre eles 10 crianças, morreram nesta terça-feira (9) na Síria em ataques aéreos e disparos de artilharia na Guta oriental, enclave rebelde perto de Damasco, bombardeado diariamente, segundo um novo balanço anunciado por uma ONG.

Os bombardeios mais letais atingiram a localidade de Hamuria, onde 13 civis, entre os quais sete crianças, morreram, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), que acusa o regime e seu aliado russo de ataques sangrentos na região.

Na Síria, devastada desde 2011 por uma guerra atroz, com múltiplos atores, o exército israelense bombardeou alvos militares do regime de Basgar Al Assad, perto da capital, Damasco, segundo fontes militares sírias.

Em represália aos bombardeios na Guta Oriental, os rebeldes dispararam obuses contra dois bairros de Damasco, reduto do regime, onde quatro pessoas morreram, segundo veículos estatais.

Os Capacetes Brancos, socorristas na parte rebelde da Síria, se apressavam em retirar os moradores dos destroços, especialmente em Hamuria e Saqba.

O conflito na Síria deixou mais de 340.000 mortos e originou uma grave crise humanitária no país, onde o encarregado de ajuda humanitária da ONU, Mark Lowcock, iniciou uma primeira visita.

Em sua primeira viagem à Síria, Lowcock se reuniu em Damasco com o ministro das Relações Exteriores, Walid Muallem, segundo a agência oficial de notícias síria Sana.

O objetivo da visita é ver por ele mesmo o impacto do conflito nos civis, avaliar a resposta humanitária e abordar a melhora do acesso e da distribuição da ajuda, segundo um comunicado de seus serviços.

Na quarta-feira, ele se reunirá em Homs (centro) com gente que sofreu diretamente as consequências da crise, e que precisa de uma ajuda vital, segundo o texto.


 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212