Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Equador cogita mediação para resolver situação insustentável de Assange - Jornal Brasil em Folhas
Equador cogita mediação para resolver situação insustentável de Assange


O governo do Equador considera pedir uma mediação para chegar a um acordo definitivo com o Reino Unido diante da insustentável situação de Julian Assange, asilado desde 2012 na embaixada equatoriana em Londres.

É a primeira vez que Equador planeja uma mediação para resolver o caso, no qual também estão envolvendo Estados Unidos e Suécia.

Estamos considerando também e explorando a possibilidade de uma mediação. Pode ser de um terceiro país ou de uma personalidade, anunciou nesta terça-feira a chanceler María Fernanda Espinosa.

Nenhuma solução será conseguida sem a cooperação internacional e sem a cooperação do Reino Unido, que se mostrou interessado em buscar uma saída, acrescentou sem dar mais detalhes, durante um café da manhã com correspondentes estrangeiros.

O fundador do WikiLeaks está desde 2012 na embaixada equatoriana em Londres para evitar ser extraditado à Suécia por supostos crimes sexuais, que ele nega.

A procuradoria sueca arquivou a investigação, mas Assange teme ser preso se deixar a sede da missão diplomática para ser extraditado para os Estados Unidos e julgado pela publicação no WikiLeaks de segredos militares e documentos diplomáticos americanos em 2010.

Desde que lhe concedeu o asilo, Quito espera que as autoridades britânicas lhe entreguem um salvo-conduto para que ele possa sair do Reino Unido.

A chanceler equatoriana assegurou que a situação de Assange do ponto de vista humano não é sustentável.

Uma pessoa não pode viver nessas condições para sempre, e estamos buscando de maneira muito respeitosa com o Reino Unido mecanismos de solução, garantiu.


 

Últimas Notícias

John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
Ex-comandante da Marinha é indicado para o conselho da Petrobras
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212