Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fazenda conclui implantação da NFC-e para o varejo em Goiás - Jornal Brasil em Folhas
Fazenda conclui implantação da NFC-e para o varejo em Goiás


A Secretaria da Fazenda alerta os contribuintes goianos optantes pelo Simples Nacional sobre a obrigatoriedade do uso Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), em substituição ao Emissor de Cupom Fiscal (ECF) e a Nota Fiscal de Venda a Consumidor.

A exigência para esse segmento econômico começou no dia 1º de janeiro deste ano e fecha o calendário de implantação do documento eletrônico para o varejo em Goiás, iniciado em junho de 2016. Atualmente, são emitidas cerca de 2 milhões de notas do consumidor diariamente.

A utilização da NFC-e traz várias vantagens para o contribuinte como a dispensa de homologação do software pelo Fisco; uso de impressora comum; simplificação das obrigações acessórias e, ainda, transmissão online da NFC-e. “O contribuinte ganha em redução de custos tanto na implantação quanto na manutenção do sistema da nota do consumidor eletrônica que traz, também, a vantagem de desburocratizar o procedimento”, explicou o gerente de Informações Econômico-Fiscais, Leonardo Meneses.

Ele cita como exemplo o repasse à Sefaz dos dados das vendas que passa a ser feito de forma automática e instantânea. “É importante que a empresa se regularize para evitar a fiscalização que será intensificada nos próximos dias e poderá gerar multa”, conclui Leonardo.

As vantagens não são apenas para o contribuinte. O sistema da nota fiscal do consumidor eletrônica está interligado ao sistema da Nota Fiscal Goiana o que irá contribuir para resolver uma das maiores reclamações dos consumidores inscritos no programa, que é o não aparecimento da nota fiscal em suas contas, no site da Nota Goiana.

Além disso, “com a NFC-e o consumidor poderá consultar o documento fiscal online a qualquer tempo, utilizando a chave de acesso da nota por meio do site ou o QR Code através de aplicativo de celular, resultando em maior segurança e transparência”, destaca o Leonardo.

Para passar a emitir a NFC-e a empresa deve, primeiramente, se cadastrar no site www.nfce.go.gov.br. Depois, deve cessar o Emissor de Cupom Fiscal (ECF-e), cuja baixa deve ser solicitada junto à Delegacia Regional de Fiscalização da circunscrição do contribuinte. Clique aqui para conferir os passos que devem ser seguidos para a adoção da NFC-e. No site da nota o contribuinte também pode consultar o campo de Perguntas e Respostas.

Comunicação Setorial Sefaz


 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212