Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Democratas no Senado dos EUA detalham malévola ameaça de Putin - Jornal Brasil em Folhas
Democratas no Senado dos EUA detalham malévola ameaça de Putin


O presidente da Rússia, Vladimir Putin, é uma séria ameaça contra os Estados Unidos e Donald Trump faz vista grossa, concluiu um relatório publicado nesta quarta-feira (10) por opositores democratas de uma comissão do Senado americano.

O documento de 200 páginas, redigido principalmente a partir de informações públicas e da imprensa, inscreve nos arquivos do Congresso americano a posição de legisladores democratas segundo os quais o presidente do país foi passivo em relação aos ataques de informática, a propaganda e outras táticas do que chamam de regime corrupto de Putin.

Nunca antes na história americana uma ameaça tão clara à segurança nacional foi tão claramente ignorada por um presidente americano, escreveu na introdução do relatório Ben Cardin, líder da minoria democrata no comitê de Relações Exteriores.

O texto, intitulado Os ataques assimétricos de Putin contra a democracia na Rússia e na Europa: implicações para a segurança nacional americana, documenta a amplitude das operações de influência malévola do Kremlin para incidir em acontecimentos de outros países, incluindo a intromissão de Putin nas eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos e em outros países ocidentais.

Putin passou 20 anos consolidando seu poder, enriquecendo a si e a um círculo de apoiadores, e desafiando as democracias europeias e a fundação da aliança entre a Europa e os Estados Unidos, indicou o relatório.

O Kremlin de Putin emprega um arsenal assimétrico que inclui invasões militares, ciberataques, desinformação, apoio a grupos políticos periféricos e o uso bélico de recursos energéticos, o crime organizado e a corrupção, afirmou Cardin.

Um comentário atravessa o documento: diferente dos Estados Unidos, as outras democracias objeto das campanhas de desinformação e pirataria atribuídas a Moscou, como Finlândia e Espanha, reagiram com firmeza.

A França e seu novo presidente, Emmanuel Macron, (...) tiveram um papel protagonista na Europa para resistir às intervenções do Kremlin, destacaram os senadores.

No caso contrario, segundo eles, o governo americano ainda não tem uma estratégia coerente, global e coordenada diante das operações de influência maligna do Kremlin. O motivo: a falta de liderança presidencial e um presidente negligente.

Por exemplo, um centro anti-propaganda do Departamento de Estado, criado por lei do Congresso em 2016, dorme o sonho dos justos.

O relatório lista uma série de recomendações à Casa Branca, incluindo a criação de um grupo de trabalho entre as agências de governo para enfrentar as ameaças, fundar organizações a favor das democracias na Europa oriental, expandir sanções e congelar o dinheiro sucio vinculado a Moscou.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212