Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Novo cãozinho robô japonês Aibo é adotado por seus donos - Jornal Brasil em Folhas
Novo cãozinho robô japonês Aibo é adotado por seus donos


O cachorro que tínhamos morreu, então nós compramos esse robô: Naohiro Sugimoto, um menino de 7 anos, foi um dos primeiros, nesta quinta-feira em Tóquio, a tomar posse da Aibo, lançado oficialmente pela Sony.

Durante uma elegante cerimônia de aniversário, os diretores da gigante japonesa da eletrônica revelaram a criatura de cor branco marfim, guardada com cuidado em uma caixa forrada de onde saiu, balançando a cabeça e mexendo o rabinho, ​​antes de se esticar como se acordasse de uma soneca.

Com seus adoráveis ​​olhos redondos, o robô cão de 30 cm de altura, conquistou rapidamente seus donos, como o pequeno Naohiro, que o descreveu como pesado, mas fofo.

Aibo, capaz de desenvolver sua própria personalidade e expressar emoções, é dotado de uma bateria com sensores, câmeras e microfones, e sua conexão com a internet permite que seu dono interaja com ele remotamente através de um smartphone.

Uma tecnologia que não está ao alcance de todos: custa mais de 2.100 euros (288.000 ienes), via um pacote de três anos, para pagar sua empresa.

A Sony, que planeja comercializá-lo no exterior, não forneceu detalhes ou objetivos quantificados, mas espera encontrar o mesmo sucesso de seu primeiro Aibo, lançado em junho de 1999: as primeiras 3.000 unidades foram esgotadas em apenas 20 minutos, apesar de um preço igualmente alto (250.000 ienes).

No total, o grupo vendeu mais de 150.000 exemplares em todo o mundo até 2006, quando as dificuldades financeiras forçaram a companhia a parar a produção.

Yasuyuki Nakamura, de 46 anos, é outro dono afortunado do Aibo (seu terceiro cão robô). Ele esperava impacientemente que a Sony projetasse uma nova versão.

Entre os compradores, um casal contou que decidiu comprar o cachorrinho para 25º aniversário de casamento.

Mas não espere que o Aibo converse ou ajude com as tarefas domésticas, essa não é a sua finalidade, segundo afirma Izumi Kawanishi, responsável pelo projeto.

Quando você compra um cachorro, você não se pergunta o que ele é capaz de fazer. O importante é que ele toque um acorde sensível nas pessoas, estima.

A Sony, que reencontrou o caminho do crescimento sob a liderança de seu CEO Kazuo Hirai, volta-se com força à robótica, que parecia ter abandonado com o encerramento do desenvolvimento de Aibo há mais de dez anos.

Para este fim, a companhia investiu em 2016 em uma empresa americana, Cogitai, especialista em inteligência artificial (AI).

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212