Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Professores brasileiros de língua inglesa vão se aperfeiçoar nos Estados Unidos - Jornal Brasil em Folhas
Professores brasileiros de língua inglesa vão se aperfeiçoar nos Estados Unidos


Um programa coordenado por órgãos governamentais brasileiros e norte-americanos está encaminhando para os Estados Unidos (EUA) 479 professores de língua inglesa da rede pública de todos os estados do Brasil. O embarque dos professores ocorre nesta sexta-feira (12).

“O programa é voltado para professores da rede pública e tem uma missão muito especial. Focaliza o ensino do inglês em todo o Brasil e no sistema de educação pública em grandes e pequenas cidades”, disse o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, P. Michael McKinley.

Segundo McKinley, a iniciativa, integralmente financiada pelo governo brasileiro e com apoio da missão diplomática dos EUA no Brasil, tem também o objetivo de promover o diálogo e o entendimento mútuo por meio da educação e cultura entre brasileiros e norte-americanos.

Os participantes do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa – selecionados nacionalmente em processo competitivo, que deu prioridade a professores de estados com mais necessidade de treinamento – irão para 17 universidades norte-americanas: a Georgia; do Kansas; de Michigan; de Missouri; de Ohio; de Portland; de San Francisco; de St. John; de Temple; de Arkansas; de Delaware; de Kansas; de Miami; de Missouri, Kansas City; da Carolina do Norte, Charlotte; do Texas, Austin; e de Iowa.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fundação vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Comissão Fulbright, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e o Departamento de Estado elaboraram o programa para promover o fortalecimento da fluência oral e escrita em inglês, novas metodologias de ensino. Haverá avaliação para incentivar a participação de alunos em sala de aula, estimular o uso de recursos online e outras ferramentas na formação continuada de professores e na preparação de planos de aula.

Os participantes do programa também terão a oportunidade de conhecer in loco a história e a cultura dos EUA para que isso se torne parte do currículo do ensino da língua inglesa no Brasil. Ao término do treinamento, os professores terão concluído um plano de ação na área de ensino do idioma para ser implementado em suas escolas e comunidades, resultando assim em um efeito multiplicador.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212