Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Novos presídios vão consolidar modernização do sistema em Goiás - Jornal Brasil em Folhas
Novos presídios vão consolidar modernização do sistema em Goiás


Governo de Goiás - Presídio de Anápolis - Foto Wagnas Cabral 03As unidades prisionais de Formosa e Anápolis serão entregues pelo governador Marconi Perillo, respectivamente, neste e no próximo mês. Elas acompanham o que há de mais moderno em engenharia e arquitetura de presídios no País e vão consolidar a modernização do sistema goiano, que deverá servir de modelo em todo o Brasil.

A robustez das unidades, a alta tecnologia utilizada e o modelo de estrutura obedecem à determinação do governador Marconi para que os novos presídios sejam altamente modernos. Ambos estão com as obras concluídas, faltando apenas alguns retoques e a finalização do aparelhamento.

Em Formosa, mais de R$ 19 milhões foram investidos. O presídio tem seis mil metros quadrados de área edificada, refeitório, sala de aula, pátio de sol, área para atendimento psicológico e espiritual, além de galpões e guaritas de segurança. Ao todo, são 300 novas vagas. A unidade será entregue ainda este mês.

Já em Anápolis, cujo presídio contará com a mesma estrutura do de Formosa, os investimentos também somam R$ 19 milhões, provenientes de parceria entre o governo federal e do Estado, e mais R$ 6,5 milhões em aparelhamento e custeio.

“Os presídios de Formosa e Anápolis e os outros três que estão sendo construídos em Águas Lindas, Novo Gama e Planaltina, que também serão entregues este ano, são robustos e modernos. Juntos, serão responsáveis pela oferta de 1.588 novas vagas”, observa o governador. Atendendo à determinação dele, o Governo do Estado entregará os presídios de Águas Lindas e Novo Gama, em agosto, e o de Planaltina, em novembro.

Números
Governo de Goiás - Presídio de Formosa - Foto 02Nos últimos quatro anos, o governo aumentou em 60,25% os investimentos no sistema prisional. O montante a mais aplicado nesse período foi de R$ 138 milhões. Os recursos foram sendo elevados gradualmente. Em 2014, o Estado investiu R$ 312 milhões nos presídios. Em 2015, os investimentos passaram para R$ 338 milhões. Um ano depois, foram aplicados mais R$ 391 milhões e, em 2017, o volume de recursos destinados aos presídios goianos saltou para R$ 501 milhões.

O aumento do efetivo de agentes prisionais também teve participação significativa no volume de investimentos. Só no último ano, a quantidade de agentes prisionais efetivos saltou de 748 para 1.587 profissionais.

Moderno
De acordo com o gerente de engenharia da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária de Goiás, Marcos Patury, a estrutura das novas unidades prisionais segue o que há de mais moderno no país em engenharia e arquitetura de presídios.

“Temos uma estrutura contemporânea e que é modelo para todos os presídios que estão sendo construídos em Goiás. Aliada ao novo padrão de operação dos complexos, vai permitir aos agentes prisionais maior controle sobre o detento, além de todo tipo de atividade no local”, afirma.

O que os presídios vão oferecer:
- Unidade Básica de Saúde
- Estrutura completa de atendimento médico e psicossocial, com capacidade para internações e pequenas cirurgias.
- Atividade Laboral
- Cada ala terá uma área de 150 metros quadrados para atividades laborais, onde, inclusive, empresas poderão se instalar.
- Educação Básica e Profissionalizante
- Área específica para aulas de ensino regular básico, profissionalizante e de capacitação dos presos.
- Atendimento Jurídico
- As novas unidades também oferecem espaço exclusivo para que advogados façam atendimento de cliente ou escrevam uma petição.
- Local de visitas
- Espaço diferenciado e reservado, coberto, para onde familiares dos detentos serão encaminhados durante o período de visitas.

 

Últimas Notícias

Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Battisti ficará em isolamento por um ano em prisão na Sardenha
CNN Brasil será lançado neste ano
Toffoli nega habeas corpus preventivo para Battisti
ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212