Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Sugestão da Carteira InfoMoney salta 19% em 8 pregões; BTG recomenda compra - Jornal Brasil em Folhas
Sugestão da Carteira InfoMoney salta 19% em 8 pregões; BTG recomenda compra


SÃO PAULO - A Usiminas (USIM5) nunca foi um “caso de amor” para investidores de longo prazo em ações. Além da economia não ajudar o setor siderúrgico, a empresa sofreu um bom tempo com uma dívida bastante, problemas entre os controladores e resultados operacionais preocupantes.

Ainda assim, os papéis foram mantidos na Carteira InfoMoney de janeiro. Segundo Thiago Salomão, responsável pelo portfólio e pelo curso Como Montar uma Carteira de Ações Vencedora, a economia voltou a mostrar reação em 2017 (principalmente em pontos como formação bruta de capital fixo, fator importante para o crescimento sustentável da economia nos próximos trimestres), os preços do aço e do minério voltaram a subir, o endividamento vem sendo “empurrado com a barriga” e os resultados operacionais voltaram a aparecer.

Quem seguiu a sugestão já consegue embolsar lucros. A ação acumula alta de 19% em apenas 8 pregões deste ano e na sessão de quinta-feira (11) saltou 5,4% após a recomendação de compra do BTG Pactual.

Os analistas disseram estar mais otimistas com o setor siderúrgico do que jamais estiveram em anos e ressaltam que os aumentos de preços recentes aumentam a confiança. O preço-alvo para as ações da Usiminas é de R$ 14, valor % acima do último fechamento.

Os estoques de aço chineses estão na mínima em anos, a demanda é resiliente e os preços dos insumos (minério e carvão) continuam aumentando - uma combinação que deve continuar impulsionando os preços de aço no curto prazo. Do ponto de vista estrutural, também há espaço para mais otimismo em relação ao setor - como a China continuando cortando o excesso de capacidade de aço (as taxas operacionais devem superar 80% em 2019) e as exportações de aço de baixo preço estão significativamente reduzidas (queda de 50% dos picos), disseram os analistas em relatório enviado a clientes.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212