Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Liam Neeson diz que denúncias de assédio sexual viraram caça às bruxas - Jornal Brasil em Folhas
Liam Neeson diz que denúncias de assédio sexual viraram caça às bruxas


O ator americano-britânico Liam Neeson acredita que há um pouco de uma caça às bruxas em Hollywood, após diversas acusações e assédio e abuso sexual reveladas na esteira do caso Weinstein.

Após as revelações acerca do produtor de Hollywood Harvey Weinstein, dezenas de personalidade do mundo do entretenimento, das artes, da mídia, da política e da gastronomia foram acusadas publicamente de assédio, abuso sexual, ou estupro.

É um pouco de uma caça às bruxas, declarou Neeson na noite de sexta-feira a uma emissora irlandesa.

Há algumas pessoas, pessoas famosas, sendo acusadas de repente de encostar no joelho de uma garota, ou algo assim, e de repente eles são tirados de seus programas, opinou.

O ator tinha sido questionado sobre a saída, em novembro, do apresentador Garrison Keillor, muito conhecido nas rádios americanas, por comportamento inapropriado com uma colaboradora.

Já sobre o caso do ator americano de 80 anos Dustin Hoffman, acusado de assédio e abuso sexual por diversas mulheres, Neeson se disse indeciso.

Quando você está numa peça e está com sua família - outros atores, técnicos - você faz coisas estranhas, e elas se tornam como superstições. Se você não fizer toda noite, você acha que vai dar azar à peça, explicou o ator.

Mais tarde, na mesma entrevista, Neeson reconheceu que a tendência geral de denunciar o assédio sexual era saudável.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212