Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Argentina mantém buscas por submarino dois meses após desaparecimento - Jornal Brasil em Folhas
Argentina mantém buscas por submarino dois meses após desaparecimento


A Armada (Marinha de guerra) da Argentina confirmou nesta segunda-feira (15) que mantém as buscas pelo submarino ARA San Juan com apoio do navio oceanográfico Yantar, da Rússia, sem informar uma data para por fim a estes esforços, dois meses depois de seu desaparecimento.

A busca do ARA San Juan, com o qual se perdeu o contato em 15 de novembro passado, continua com o navio oceanográfico Yantar, da Rússia, e a corveta argentina ARA Spiro, assegurou o porta-voz da Armada, Enrique Balbi.

O ARA San Juan tinha 44 tripulantes. Seus familiares estão na cidade de Mar del Plata (leste) à espera de notícias.

Não há uma data teto ou data limite quanto à busca, disse Balbi em coletiva de imprensa, na qual, no entanto, reconheceu que a colaboração russa em algum momento vai ser finita.

Segundo o porta-voz, as autoridades contataram até agora faltando cinco empresas que tem pessoal e meios idôneos para prosseguir com as buscas.

Poucos dias depois do desaparecimento do submarino argentino, a Rússia enviou o Yantar, com capacidade para fazer buscas a até 6.000 metros de profundidade.

A princípio se tinha dito que o navio russo encerraria seus trabalhos em 15 de janeiro.

Apesar dos esforços mobilizados, as autoridades desconhecem o que aconteceu com o submarino.

Ao não corresponder a nenhum dos 54 contatos que foram feitos com o submarino ARA San Juan, infelizmente não podemos corroborar o que aconteceu. Pode haver hipóteses. Não podemos corroborá-las até não encontrá-lo e ver em que condição está o casco, disse Balbi.

Nestes dois meses, a Argentina recebeu o apoio de 13 países nesta busca, mas sem resultado até agora.

Antes de o contato com o ARA San Juan ter sido perdido, foi reportada à base uma falha nas baterias.

O submarino estava, então, a 450 km da costa argentina, no Golfo San Jorge, retornando de Ushuaia (3.200 km ao sul) a Mar del Plata, seu porto habitual.

O submersível foi lançado em 1983 na Alemanha e incorporado à Armada argentina em 1985.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212