Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 MP-RJ decreta luto de três dias pela morte de promotor e servidora - Jornal Brasil em Folhas
MP-RJ decreta luto de três dias pela morte de promotor e servidora


O Ministério Público do Estado Rio de Janeiro decretou luto de três dias pela morte do promotor de Justiça Marcus Vinicius da Costa Moraes Leite e da servidora técnica administrativa Luciana Alves de Melo.

O casal morreu no domingo (14) e foi encontrado morto ontem (16), no apartamento em que morava, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, as características encontradas no local apontam para homicídio, seguido de suicídio, mas a Divisão de Homicídios ainda investiga várias hipóteses sobre o crime.

O procurador-geral de Justiça, José Eduardo Ciotola Gussem, decretou o luto de três dias nas dependências do Ministério Público e determinou que todas as bandeiras fiquem a meio mastro.

Segundo a Polícia Civil, os dois foram encontrados com marcas de tiros no apartamento, que estava com a porta trancada e sem sinal de arrombamento. Já foi realizada perícia no local.

Luciana Alves de Melo Moura era técnica administrativa do Ministério Público desde 2008 e tinha 33 anos. Informações sobre seu velório e enterro ainda não foram divulgadas.

Marcus Vinicius da Costa Moraes Leite tinha 43 anos e era promotor desde 2002. Em setembro de 2017, ele começou a atuar no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O enterro do promotor está marcado para 13h, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Edição: Valéria Aguiar

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212