Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 “Com muita alegria ajudo o governador a resolver o problema de abastecimento de água em Goiás”, afirma ministro Baldy - Jornal Brasil em Folhas
“Com muita alegria ajudo o governador a resolver o problema de abastecimento de água em Goiás”, afirma ministro Baldy


Durante vistoria das obras do Sistema Produtor Corumbá IV, em Valparaíso de Goiás, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, disse que se sente feliz por poder ajudar o governo de Goiás a resolver o problema de abastecimento de água. “Governador Marconi e vice-governador José Eliton, é com muita alegria que eu, como goiano, filho desse estado, auxilio na realização dessa obra e de tantas outras que fechamos parceria”, afirmou Baldy, se referindo aos quase R$ 400 milhões viabilizados recentemente para obras de saneamento em Goiás.

“Juntos, governador Marconi, estamos trabalhando para transformar o Brasil em um país cada dia melhor, com mais emprego, mais renda e comida na mesa. Mas, acima de tudo, com qualidade melhor para as famílias”, acrescentou Baldy.

O ministro reforçou que o Sistema Corumbá IV vai beneficiar quase três milhões de pessoas, garantindo água potável aos municípios goianos de Luziânia, Novo Gama, Valparaíso e Cidade Ocidental, além de cidades do Distrito Federal. O projeto é uma iniciativa dos governos de Goiás e do Distrito Federal, executado por meio do Consórcio Corumbá – Saneago e Caesb.

“Com todo esse esforço e união, conseguiremos inaugurar, ainda em 2018, este importante empreendimento e levar água às famílias de Goiás e do Distrito Federal acabando com uma de suas maiores agonias”, concluiu Alexandre Baldy.

Investimentos
O governador Marconi Perillo conseguiu garantir junto ao Ministério das Cidades, somente nos últimos 30 dias, quase R$ 400 milhões para obras de saneamento em Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia. Ele empenhou-se pessoalmente para destravar trâmites burocráticos e garantir contrato com Ministério e Caixa Econômica Federal em 15 dias.

Convênio assinado por Marconi e Alexandre Baldy, no dia 29 de dezembro, permitiu a destinação de R$ 264,6 milhões para a ampliação do Sistema de Água de Aparecida de Goiânia, por meio da integração com Goiânia, a partir do Sistema Produtor João Leite, com o Sistema Meia Ponte – o Projeto Linhão.

O mesmo contrato destina R$ 114 milhões para a ampliação, melhoria e reestruturação do Sistema de Abastecimento de Água de Anápolis, compreendendo a extensão das captações Piancó I e II, implantação de novo módulo de tratamento para a ETA Anápolis (incremento de 400 litros por segundo), centros de reservação, elevatórias de água tratada e remodulação e ampliação de redes de distribuição.

No caso de Aparecida, o empreendimento permitirá que o município seja totalmente abastecido pelo novo Sistema Mauro Borges (João Leite), que substituirá, gradativamente, os sistemas Lajes e demais existentes, além de abastecer regiões atualmente não atendidas, viabilizando a universalização dos serviços.

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás


 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212