Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Saúde recomenda vacina contra febre amarela aos não imunizados - Jornal Brasil em Folhas
Saúde recomenda vacina contra febre amarela aos não imunizados


Goiás está em uma posição confortável em relação à febre amarela, com o índice de vacinação acima de 95% na maioria dos municípios. Apesar disso, o secretário da Saúde de Goiás, Leonardo Vilela, conclama as pessoas que ainda não receberam a dose da vacina a ir ao posto de saúde mais próximo para se imunizar contra a doença.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, dia 17, Leonardo Vilela informou que Goiás é apontado pelo Ministério da Saúde como área com recomendação de vacinação contra a febre amarela. Os registros da SES-GO indicam que em 186 municípios goianos (76%) o índice de cobertura vacinal é superior a 95%.

Em outros 56 municípios (22,7%), a cobertura da vacina contra a doença varia de 50% a 95%. Em apenas quatro municípios do Estado – Goianésia, Ipiranga de Goiás, Montividiu e São Simão – os níveis de vacinação são inferiores a 50%.

Para garantir a proteção a toda a população goiana, a SES-GO está recomendando às Secretarias Municipais de Saúde com coberturas inferiores a 95% a intensificar a vacinação contra a febre amarela, inclusive com a identificação das pessoas não imunizadas. A mesma determinação está sendo dada aos gestores municipais das localidades onde há grande fluxo de turistas de outros Estados e países e, também, de trabalhadores rurais provenientes de outras regiões brasileiras.

A vacina contra a febre amarela deve ser tomada uma única vez na vida. Ela garante a proteção à doença dez dias após a aplicação da dose. Em Goiás, acentua Leonardo Vilela, não há falta de vacinas. Diferente do que está acontecendo em estados como São Paulo, Minas Gerais e Bahia onde está sendo aplicada a dose fracionada (que imuniza a pessoa por 8 anos), em Goiás sempre foi utilizada a dose padrão, que garante a proteção por toda a vida.

Dengue
Os números de casos confirmados de dengue no Estado diminuíram significativamente do ano passado em relação a este ano. De acordo com os dados do Boletim Epidemiológico da Dengue, a quantidade de casos notificados na primeira semana deste ano é 78,83% inferior à registrada no mesmo período do ano passado. Nos primeiros sete dias de 2017 foram notificados 1.507 casos da doença, enquanto neste ano, no mesmo período, foi feito o registro de 322 casos.

Mesmo com o registro da curva decrescente da doença, o secretário Leonardo Vilela chama a atenção da população para a eliminação dos focos do Aedes aegypti em suas residências. Os levantamentos da SES-GO também apontam uma elevação da infestação do mosquito no período chuvoso, fato que acende um sinal de alerta. Em dezembro de 2016, o índice de infestação predial em Goiás era de 1,17%. Já em dezembro do ano passado, esta taxa foi de 1,36%.

“Estamos intensificando as visitas domiciliares da operação Goiás contra o Aedes para a eliminação dos focos e conscientização dos moradores para o monitoramento rotineiro em seus domicílios”, sublinhou o secretário. “É fundamental que as pessoas recolham de suas casas todo e qualquer objeto que acumula água parada, entre os quais pneus, tampas de garrafa, latas e copos descartáveis”, enfatizou.

Só no ano passado foram realizadas em todo o Estado 21,7 milhões de visitas aos imóveis residenciais feitas por equipes compostas por profissionais da SES-GO e do Corpo de Bombeiros.

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212