Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cristina Kirchner pede para que acelerem seu julgamento - Jornal Brasil em Folhas
Cristina Kirchner pede para que acelerem seu julgamento


A ex-presidente Cristina Kirchner, senadora pela oposição argentina, pediu nesta quarta-feira (17) para acelerar de que é alvo por fraude contra o Estado, com o argumento de que os fatos poderão ser esclarecidos.

O pedido tem o propósito de conseguir o esclarecimento definitivo e público dos fatos que, de maneira enviesada, arbitrária e contrária ao direito, se relatam na acusação, manifestou a ex-presidente em um texto apresentado ao juiz federal Julián Ercolini, informaram fontes judiciais.

Kirchner, de 64 anos, é acusada de desviar recursos públicos, aproximadamente 46 bilhões de pesos (2,4 bilhões de dólares) para obras viárias na província de Santa Cruz (Patagônia, sul), atribuídas a um empresário vinculado a seu entorno.

A denúncia do caso foi apresentada à Justiça pela deputada Margarita Stolbizer, de um partido aliado do governo do presidente Mauricio Macri, opositor a Kirchner.

Os procuradores também consideram que houve uma associação ilícita de Cristina Kirchner com familiares e amigos para favorecer o empresário Lázaro Báez, em prisão preventiva. A maioria das obras públicas em Santa Cruz foram outorgadas a Báez quando Kirchner foi presidente, entre 2007 e 2015.

Atual senadora pelo partido Unidade Cidadã (peronista de centro-esquerda), Cristina tem outros julgamentos a enfrentar, um deles pelo sistema cambial supostamente irregular do Banco Central durante seu governo e outro por suposto acobertamento a iranianos acusados de autoria do atentado contra o centro judaico-argentino AMIA, em 1994.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212