Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 SMS confirma Zika vírus em uma gestante de Aparecida - Jornal Brasil em Folhas
SMS confirma Zika vírus em uma gestante de Aparecida


Com objetivo de prestar esclarecimentos à população de Aparecida, a Secretária de Saúde do município Vânia Cristina Rodrigues e o médico obstetra Jamal Yusuf, concedem nesta terça-feira 1°, às 14 horas, coletiva de imprensa sobre o primeiro caso de Zika vírus positivo em uma gestante da cidade. A entrevista será na Maternidade Marlene Teixeira, que fica na Av. das Bandeiras, Qd 26, Lt. 1 a 3, Vila Brasília, em Aparecida.

O objetivo da coletiva é esclarecer, de forma técnica e transparente, as dúvidas em relação ao caso de Zika, confirmado oficialmente pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Além disso, será uma oportunidade para o poder público reforçar a mobilização, com a imprensa e a população, sobre a importância da vigilância permanente em suas residências, já que, segundo o departamento de Vigilância em Saúde Ambiental da SMS, 90% dos focos de Aedes aegypti estão dentro das casas.

A paciente recebeu a confirmação do Zika vírus depois de ser submedida a exames feitos pelo Laboratório de Saúde Pública de Goiás (Lacen/GO) e confirmados pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), que fica no Pará. A técnica é o RT-PCR para Zika, que utiliza biologia molecular para a confirmação. Ela será acompanhada pelo especialista emginecologia e obstetrícia, Jamal Yusuf, que atende na Maternidade Marlene Teixeira, realizando pré-natal de gestantes classificadas como de alto risco.

A SMS destaca que não há, até o momento, registro de casos de microcefalia associados ao Zika vírus em Aparecida.Mas a gestação da paciente com Zika é considerada de alto risco, por conta do surto de microcefalia no país. Entretanto, não é possível afirmar ainda se o bebê terá, ou não, a má formação no cérebro. A paciente, que está no 5° mês de gestação, será acompanhada periodicamente para monitorar o desenvolvimento do cérebro da criança.

Na casa da paciente, agentes de saúde do município realizaram um bloqueio sanitário, com inseticida e todas as medidas necessárias para erradicação de focos do mosquito Aedes aegypti. O trabalho foi feito também em todas as residências localizadas nas quadras próximas.

Em respeito a gestante, que não quer ser identificada, nem dar entrevistas, a SMS manterá o nome da paciente em sigilo, bem como seus dados pessoais como telefone e endereço. A gestante está recebendo todo acompanhamento necessário da Secretaria Municipal de Saúde desde a confirmação do caso.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212