Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 SMS confirma Zika vírus em uma gestante de Aparecida - Jornal Brasil em Folhas
SMS confirma Zika vírus em uma gestante de Aparecida


Com objetivo de prestar esclarecimentos à população de Aparecida, a Secretária de Saúde do município Vânia Cristina Rodrigues e o médico obstetra Jamal Yusuf, concedem nesta terça-feira 1°, às 14 horas, coletiva de imprensa sobre o primeiro caso de Zika vírus positivo em uma gestante da cidade. A entrevista será na Maternidade Marlene Teixeira, que fica na Av. das Bandeiras, Qd 26, Lt. 1 a 3, Vila Brasília, em Aparecida.

O objetivo da coletiva é esclarecer, de forma técnica e transparente, as dúvidas em relação ao caso de Zika, confirmado oficialmente pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Além disso, será uma oportunidade para o poder público reforçar a mobilização, com a imprensa e a população, sobre a importância da vigilância permanente em suas residências, já que, segundo o departamento de Vigilância em Saúde Ambiental da SMS, 90% dos focos de Aedes aegypti estão dentro das casas.

A paciente recebeu a confirmação do Zika vírus depois de ser submedida a exames feitos pelo Laboratório de Saúde Pública de Goiás (Lacen/GO) e confirmados pelo Instituto Evandro Chagas (IEC), que fica no Pará. A técnica é o RT-PCR para Zika, que utiliza biologia molecular para a confirmação. Ela será acompanhada pelo especialista emginecologia e obstetrícia, Jamal Yusuf, que atende na Maternidade Marlene Teixeira, realizando pré-natal de gestantes classificadas como de alto risco.

A SMS destaca que não há, até o momento, registro de casos de microcefalia associados ao Zika vírus em Aparecida.Mas a gestação da paciente com Zika é considerada de alto risco, por conta do surto de microcefalia no país. Entretanto, não é possível afirmar ainda se o bebê terá, ou não, a má formação no cérebro. A paciente, que está no 5° mês de gestação, será acompanhada periodicamente para monitorar o desenvolvimento do cérebro da criança.

Na casa da paciente, agentes de saúde do município realizaram um bloqueio sanitário, com inseticida e todas as medidas necessárias para erradicação de focos do mosquito Aedes aegypti. O trabalho foi feito também em todas as residências localizadas nas quadras próximas.

Em respeito a gestante, que não quer ser identificada, nem dar entrevistas, a SMS manterá o nome da paciente em sigilo, bem como seus dados pessoais como telefone e endereço. A gestante está recebendo todo acompanhamento necessário da Secretaria Municipal de Saúde desde a confirmação do caso.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212