Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


12 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Julgamento de Lula converte Porto Alegre na capital política do país - Jornal Brasil em Folhas
Julgamento de Lula converte Porto Alegre na capital política do país


Uma legião de policiais, jornalistas e militantes a favor e contra Lula chegarão na próxima semana a Porto Alegre para acompanhar um julgamento fundamental para o futuro do ex-presidente.

Uma forte operação de segurança foi montada ao redor do Tribunal Regional Federal Nº4 (TRF4), onde cerca de 300 jornalistas brasileiros e estrangeiros acompanharão o julgamento.

Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), ícone da esquerda latino-americana e o presidente mais popular da história do Brasil, foi condenado a nove anos e meio de prisão por corrupção pelo juiz Sérgio Moro, mas apela em liberdade.

Espera-se que o ex-presidente acompanhe o julgamento em São Paulo, cidade onde mora e na qual o Partido dos Trabalhadores (PT) realizará atos de apoio a sua candidatura.

Mas o epicentro estará na frente do tribunal de Porto Alegre, onde os militantes do PT e de movimentos sociais de esquerda esperam reunir dezenas de milhares de pessoas sob o lema Eleição sem Lula é fraude.

Grupos contrários ao ex-presidente também convocaram manifestações.

O Movimento Brasil Livre (MBL), que apoiou o impeachment de Dilma Rousseff (2011-2016), espalhou outdoors nas ruas de Porto Alegre com a frase Lula na cadeia junto com a caricatura do ex-presidente vestido de presidiário.

Para evitar possíveis confrontos, as autoridades aumentarão a quantidade de policias e delimitarão os espaços onde cada grupo poderá se manifestar. O governo estadual chegou a pedir a ajuda do Exército para evitar confusões.

Lula, de 72 anos, foi condenado por ter recebido um triplex, localizado no Guarujá, oferecido pela construtora OAS em troca de contratos com a Petrobras.

Se o TRF4 confirmar a condenação, Lula ficará diante de uma invalidação de sua candidatura para as eleições de 2018 e do risco de prisão. Mas pode continuar livre para fazer campanha até se esgotarem todos os recursos em instâncias penais superiores e na justiça eleitoral.

Lula diz ser inocente e denuncia uma conspiração das elites.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212