Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 No Peru, Papa pede luta contra corrupção, que infecta tudo - Jornal Brasil em Folhas
No Peru, Papa pede luta contra corrupção, que infecta tudo


O papa Francisco pediu nesta sexta-feira (19) em Lima diante do presidente peruano, Pedro Pablo Kuczynski, um combate à corrupção, esse vírus social que infecta tudo e que prejudica, em particular, os pobres e os mais necessitados.

Quanto mal faz a nossos povos latino-americanos e às democracias desse bendito continente esse vírus social , um fenômeno que infecta tudo, sendo os mais pobres e a mãe terra os mais prejudicados, disse o papa na recepção oferecida pelo presidente, em meio a uma crise política provocada por denúncias de corrupção.

A luta contra este flagelo supõe maior cultura da transparência entre entidades públicas, setor privado e sociedade civil, porque a corrupção é evitável e exige o compromisso de todos.

Para isso, estimulou as pessoas que ocupem algum cargo de responsabilidade que se empenhem nesta luta para que o Peru se converta em um espaço de esperança e oportunidade para todos e não para poucos.

O Peru vive uma crise política derivada precisamente da corrupção.

Os problemas do presidente começaram em meados de dezembro, quando a empreiteira Odebrecht revelou que havia pago quase cinco milhões de dólares em assessorias a empresas ligadas a Kuczynski enquanto era ministro do então presidente Alejandro Toledo (2001-2006).

Até então Kuczynski havia negado qualquer relação com a questionada empresa, que depois de decidir cooperar com a Justiça peruana confessou que havia pago 29 milhões de dólares em propinas no país ao longo de três governos, de Alejandro Toledo, Alan García (2006-2011) e Ollanta Humala (2011-2016).

Kuczynski estava prestes a ser destituído em dezembro por mentir sobre suas ligações com a empreiteira no governo de Alejandro Toledo, sobre o qual pesa uma ordem da Justiça peruana para ser julgado no país também por corrupção no mesmo caso.

O presidente peruano, de 79 anos, se salvou graças ao apoio do grupo de Kenji Fujimori. A maioria dos peruanos acredita que isso seu deu em troca do indulto a seu pai, Alberto Fujimori, que cumpria 25 anos de prisão por corrupção e crimes contra a humanidade.

Humala permanece em prisão preventiva, acusado de receber três milhões de dólares para sua campanha eleitoral de 2011, enquanto contra Toledo pesa uma ordem de extradição dos Estados Unidos por supostamente receber 20 milhões de dólares em propinas para conceder a Odebrecht a construção de uma estrada.

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212