Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Três anúncios para um crime é favorito no SAG, termômetro do Oscar - Jornal Brasil em Folhas
Três anúncios para um crime é favorito no SAG, termômetro do Oscar


A comédia de humor negro Três anúncios para um crime lidera a corrida da premiação do Sindicato de Atores dos Estados Unidos, os SAG Awards, que acontece neste domingo (21) e é considerada um termômetro para a festa do Oscar.

A produção de Martin McDonagh, que conta a história de uma mãe que tenta vingar o estupro e assassinato da filha, sai à frente com quatro indicações: melhor elenco, melhor atriz (Frances McDormand) e melhor ator coadjuvante (Woody Harrelson e Sam Rockwell).

O filme é favorito nas previsões do site especializado Gold Derby.

Três anúncios para um crime foi a produção mais premiada no Globo de Ouro, uma cerimônia muito famosa, mas que não serve de referência para o Oscar, enquanto os membros do Sindicato de Atores representam cerca de 1.200 dos aproximadamente 6.000 votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Doentes de amor, Corra!, Lady Bird: é hora de voar e Mudbound: lágrimas sobre o Mississipi também aspiram ao prêmio de melhor elenco, o mais importante da noite.

A aclamada produção do mexicano Guillermo del Toro A forma da água, romance fantástico ambiental na década de 1960, liderou as indicações ao Globo de Ouro, com sete, mas recebeu apenas duas para os SAG. O filme também recebeu neste fim de semana o prêmio do sindicato de diretores (DGA) e o dos produtores (PGA).

Na parte televisiva, três séries ficaram empatadas na liderança com quatro indicações cada uma: Big Little Lies, da HBO, o thriller de ficção científica Stranger Things e a comédia GLOW, as duas últimas da Netflix e também indicadas por sua equipe de dublês.

- Poder das mulheres -

A cerimônia do Oscar será realizada em 4 de março em um momento em que Hollywood está mergulhada no pior escândalo de assédio e abuso sexual de sua história.

As denúncias, que vão de assédio a estupro, arruinaram as carreiras de importantes nomes da indústria, como o celebrado produtor de cinema Harvey Weinstein, os atores Kevin Spacey, Jeffrey Tambor e Louis C.K. e o cineasta Brett Ratner.

Por conta disto, os organizadores do SAG prometeram uma noite sob o poder das mulheres e em homenagem aos movimentos Times Up e #MeToo contra os abusos na indústria.

A atriz Kristen Bell será a anfitriã da cerimônia, e os prêmios serão entregues por suas colegas Halle Berry, Dakota Fanning, Lupita Nyongo e Emma Stone.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212