Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Chuva no início da noite provoca alagamento em vários bairros do Rio - Jornal Brasil em Folhas
Chuva no início da noite provoca alagamento em vários bairros do Rio


A forte chuva que ocorreu no início da noite de hoje (22) em bairros da zona oeste do Rio provocou alagamentos em diversas vias de Realengo, Padre Miguel, Bangu e Santíssimo, bairro onde ocorreu um grande vazamento de tubulação da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), na Estrada do Lameirão, próximo ao número 488.

A chuva provocou ainda o alagamento de partes internas do Bangu Shopping, instalado no número 240 da Rua Fonseca. Em nota, o Bangu Shopping informou que, apesar das manutenções recorrentes, o forte temporal que atingiu a região provocou algumas goteiras e pontos de vazamento no local. “Isso aconteceu por causa do entupimento dos bueiros do bairro. Todas as medidas de segurança estão sendo tomadas”.

Com os alagamentos da Avenida Brasil, uma das principais vias da capital fluminense, equipes da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) precisaram fazer o trabalho de desobstrução de bueiros para dar escoamento da água.

No vazamento em Santíssimo, o Centro de Operações (COR) da Prefeitura do Rio informou que equipes do município atuam na ocorrência emergencial do rompimento de uma adutora da Cedae. A Estrada do Lameirão está com o trânsito interrompido e os motoristas devem usar a Estrada da Posse para o deslocamento. No local estão atuando também equipes da Guarda Municipal, da Cedae, da Light e da Defesa Civil. A Cedae ainda não informou o alcance dos danos provocados às casas devido ao alagamento provocado pelo vazamento.

O Alerta Rio da Prefeitura informou que os núcleos de chuva que atuaram na zona oeste já se dissiparam, mas continuam a previsão de pancadas isoladas.

No seu perfil no Twitter, o Centro de Operações informou que, em caso de chuva forte, os pedidos de emergência, incluindo a queda de árvores, devem ser feitos pelos números 193 (para os Bombeiros), 199 (para a Defesa Civil) e 1746 (para a prefeitura).

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212