Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Opositor venezuelano pede a Piñera ajuda do Chile para enfrentar Maduro - Jornal Brasil em Folhas
Opositor venezuelano pede a Piñera ajuda do Chile para enfrentar Maduro


O ex-prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, que escapou da prisão domiciliar que cumpria na Venezuela em novembro, pediu ao presidente chileno eleito, Sebastián Piñera, para usar sua liderança para frear o que chamou de tirania do governo venezuelano de Nicolás Maduro.

Ledezma, um opositor ao governo de Maduro que fugiu para a Colômbia e depois para a Espanha, se reuniu nesta segunda-feira em Santiago com o direitista Piñera, que pediu auxílio para frear a tirania de alguém que usurpou a presidência da Venezuela.

A Venezuela através da minha voz eleva um grito pedindo ajuda, afirmou Ledezma, em coletiva de imprensa junto com Piñera.

O político venezuelano acusou o governo de Maduro de fechar os caminhos da solução pacífica para superar a crise social e política que a Venezuela vive desde o ano passado, marcada por violentas manifestações que deixaram centenas de pessoas mortas e uma escassez de produtos básicos e medicamentos, em meio a uma crescente inflação.

A quantidade de venezuelanos que morreram por falta alimentos... morreram de fome. Venezuelanos que morrem porque carecem de medicamentos, morrem em hospitais porque não há o remédio a mão para poder superar uma doença, afirmou Ledezma, de 62 anos.

Como futuro presidente do Chile, dentro do marco do direito internacional, e dentro das regras da Unasul, da Celac e do Grupo de Lima, vamos fazer todos os esforços para que a Venezuela recupere sua liberdade, sua democracia e o respeito aos direitos humanos, respondeu Piñera, que assumirá a Presidência chilena em 11 de março.

Piñera substituirá a socialista Michelle Bachelet, e começará seu segundo mandato, depois de ter sido presidente no período 2010-2014.

Assim como Ledezma, dezenas de opositores deixaram a Venezuela em diferentes circunstâncias. Muitos deles manifestam a sua oposição a Maduro do exterior.

Na terça-feira, se reúnem em Santiago os chanceleres dos países do Grupo de Lima, instância de 12 países que articula pressão internacional sobre a Venezuela para que ordene a libertação de detidos por questões políticas e anuncie um calendário eleitoral.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212