Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Três anúncios para um crime triunfa no SAG, termômetro do Oscar - Jornal Brasil em Folhas
Três anúncios para um crime triunfa no SAG, termômetro do Oscar


A comédia de humor negro Três anúncios para um crime foi o principal ganhador da premiação do Sindicato de Atores dos Estados Unidos, os SAG Awards, considerada um termômetro para a festa do Oscar.

A produção de Martin McDonagh, que conta a história de uma mãe que tenta vingar o estupro e assassinato da filha, disputava em quatro categorias e ganhou em três, entre elas a de melhor atriz (Frances McDormand).

Já vencedora de um Globo de Ouro por este mesmo papel, McDormand pavimenta assim o caminho para o Oscar de melhor atriz, bem como Gary Oldman para o de melhor ator. O britânico conquistou o SAG por seu papel de Winston Churchill em O destino de uma nação.

Três anúncios para um crime foi a produção mais premiada no Globo de Ouro, uma cerimônia muito famosa, mas que não serve de referência para o Oscar, enquanto os membros do Sindicato de Atores representam cerca de 1.200 dos aproximadamente 6.000 votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Sam Rockwell, que encarna um policial em Três anúncios para um crime, venceu na categoria de melhor ator coadjuvante.

Enquanto centenas de milhares de pessoas nos Estados Unidos e na Europa se manifestaram neste fim de semana em apoio aos direitos das mulheres, Rockwell prestou homenagem ao movimento Times Up, criado por 300 influentes personalidades femininas de Hollywood após o escândalo de Harvey Weinstein.

A todas as mulheres nesta sala que tentam acertar as coisas: era necessário há muito tempo, ressaltou.

No palco do auditório Shrine, em Los Angeles, subiram apenas mulheres para entregar os prêmios, igualmente em apoio ao Times Up, que pretende financiar a defesa das vítimas de agressões sexuais, e à campanha #MeToo, que milhares de mulheres anônimas aproveitaram para contar nas redes seus casos de estupro ou assédio.

Na televisão, o drama familiar e racial This Is Us venceu o SAG de melhor elenco e Sterling K. Brown, seu protagonista, de melhor ator dramático.

- Privilégios de homens -

Em geral, são os negros que têm de saber como viver em um mundo branco, os homossexuais que devem saber como viver em um mundo de heterossexuais, assim, com o Times Up, percebi que havia coisas que não tinha captado sobre os privilégios que beneficiam os homens, refletiu o ator, que já recebeu um Globo de Ouro e um Emmy por esse papel.

Nicole Kidman recebeu a estatueta de melhor atriz pela minissérie Big Little Lies, na qual ela interpreta uma mulher vítima de violência sexista. Alexander Skarsgard, que interpreta seu marido violento, também foi recompensado.

Isso é incrivelmente significativo, para mim, neste momento da minha carreira e com tudo o que está acontecendo em nossa indústria, disse a estrela australiana, que instou os financiadores e produtores dos estúdios a apoiarem projetos que contam histórias femininas.

Na televisão, Veep, sobre uma mulher política incompetente e sem escrúpulos, levou o SAG de melhor comédia e o de melhor atriz de comédia para sua intérprete principal, Julia Louis-Dreyfus.

William H. Macy foi premiado pela série de comédia Shameless. Perguntado sobre o movimento Times Up, disse que é um bom momento para ser uma mulher.

Segurança no trabalho, acho que alcançamos, não voltará atrás, e a igualdade de salário virá em breve em Hollywood, acrescentou.

As revelações de início de outubro sobre o produtor Harvey Weinstein, acusado por uma centena de mulheres de assédio e de agressão sexual, geraram um terremoto em Hollywood e além.

Personalidades do mundo do entretenimento e de outros setores foram acusados ​​de comportamentos sexuais inapropriados, ou abusivos, como os atores Kevin Spacey, Jeffrey Tambor, Dustin Hoffman, Louis C.K. e o cineasta Brett Ratner.

A cerimônia do Oscar será realizada em 4 de março, no momento em que Hollywood se vê mergulhada no pior escândalo de assédio e abuso sexual de sua história.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212