Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Visto de turista para norte-americanos será emitido em até três dias - Jornal Brasil em Folhas
Visto de turista para norte-americanos será emitido em até três dias


O governo brasileiro passa a facilitar, a partir desta quinta-feira (25), a emissão de vistos para entrada de turistas dos Estados Unidos. Segundo o Ministério do Turismo, o processo poderá ser feito totalmente via internet e o tempo estimado entre a solicitação, apresentação de documentos necessários e liberação da entrada no Brasil será de, no máximo, 72 horas. Até agora, a concessão de visto brasileiro ao turista norte-americano poderia levar até 90 dias.

A facilitação está disponível para os vistos de turismo de lazer e de negócios e não inclui as modalidades de trabalho ou de estudante, que mantêm os procedimentos já existentes.

A expectativa é que a mudança possa incrementar em até 25% o número de visitantes dos EUA no Brasil, segundo projeções da Organização Mundial do Turismo (OMT). Como resultado, poderão ser injetados até US$ 177,6 milhões (cerca de R$ 600 milhões) na economia brasileira com os gastos dos turistas norte-americanos no país.

De acordo com as estatísticas mais recentes, mais de 575 mil turistas dos EUA escolhem o Brasil como destino turístico e injetam US$ 710,5 milhões (cerca R$ 2,4 bilhões) na economia nacional por ano. Eles representam o maior número de turistas estrangeiros de fora da América Latina em solo brasileiro.

“Os números parecem satisfatórios, mas ficam muito aquém do nosso potencial. Temos um amplo espaço para aumentar o fluxo turístico entre os nossos países com ganho para todos os envolvidos”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão, em comunicado oficial. O Brasil é o destino de apenas 0,7% dos mais de 75 milhões de turistas americanos que viajam pelo mundo, acrescentou o ministério.

Com a desburocratização e simplificação na emissão de vistos para turistas dos EUA, o governo brasileiro espera incrementar em 200 mil o número de visitantes por ano. De acordo com pesquisa do Ministério do Turismo, em 2016, um total 40,7% dos norte-americanos que desembarcaram no Brasil se hospedaram em hotéis, flats ou pousadas; 60% deles vieram ao Brasil sozinhos e o gasto médio por pessoa foi de US$ 73 por dia. Em média, eles permaneceram por 17 dias no país.

Em relação aos destinos, os mais procurados para negócios foram São Paulo (40,4%), Rio de Janeiro (34,6%) e Salvador (3,7%). Já no quesito lazer, as cidades do Rio de Janeiro (72,1%), São Paulo (19,3%) e Foz do Iguaçu (15,8%) lideram a preferência dos norte-americanos no Brasil. Para 81,7% dos turistas dos EUA que visitaram o país, a viagem atendeu ou superou as expectativas.

Mais países

Além dos EUA, mais três países foram beneficiados com a implantação do visto eletrônico: Austrália, Canadá e Japão. Esses países são considerados estratégicos pelo governo brasileiro na tentativa de ampliar o fluxo de turistas estrangeiros. Com esta medida, de acordo com estudos da OMT, o Brasil deve atrair R$ 1,4 bilhão a mais nos próximos dois anos. Também passou a vigorar este mês a isenção de vistos para os países dos Emirados Árabes, aprovada pelo Congresso Nacional.

Embratur

O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo), Vinicius Lummertz, destacou que a facilitação da entrada de cidadãos norte-americanos no Brasil pode estimular o mercado de eventos internacionais no país. “O aumento do fluxo de turistas também pode gerar mais negócios e mais investimentos dos Estados Unidos no Brasil, em especial para a área de eventos, que tem sido penalizada pelos vistos tradicionais. O desafio da Embratur será ampliar a promoção do Brasil para que esses turistas tenham mais informações sobre todo nosso potencial turístico”.

Edição: Luana Lourenço

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212