Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 EUA adota novas sanções contra Coreia do Norte e empresas chinesas - Jornal Brasil em Folhas
EUA adota novas sanções contra Coreia do Norte e empresas chinesas


Os Estados Unidos adotaram novas sanções contra empresas, indivíduos e navios norte-coreanos, assim como contra duas empresas comerciais chinesas, anunciou o Departamento de Tesouro nesta quarta-feira em um comunicado.

No âmbito das resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, o governo americano sanciona atores ilícitos em China, Rússia e outros lugares que trabalham por conta de redes financeiras norte-coreanas e solicita sua expulsão dos territórios onde residem, afirmou Steven Mnuchin, secretário americano de Tesouro.

A estratégia dos Estados Unidos para a Coreia do Norte foi endurecer, nos últimos meses, as sanções, freando seu comércio e impondo restrições aos navios que chegam aos seus portos.

As sanções congelam ativos de entidades e indivíduos incluídos em uma lista suja e proíbem cidadãos americanos de comercializar com eles. Elas afetam nove empresas, duas das quais chinesas.

A Chengxing Trading Co., com sede em Pequim e Dandong, e a Jinxiang Trade Co são acusadas de terem vendido 68 milhões de dólares em mercadorias para a Coreia do Norte e de ter importado 19 milhões de dólares entre 2013 e 2017.

Também estão na lista 16 indivíduos, em sua maioria norte-coreanos, alguns deles estabelecidos na China e na Rússia, bem como diversas empresas marítimas norte-coreanas e seis navios.

Entre os indivíduos sancionados estão sete representantes do conglomerado estatal norte-coreano Ryonbong, presente em várias cidades chinesas, assim como outros quatro diretores financeiros do banco Daesong, residentes em Shenyang (China).

Um vice-cônsul de Pyongyang no porto russo de Nakhodka e dois representantes do grupo industrial Ryonbong, com sede em Vladvostok (Rússia) e em Abjasia também foram sancionados, assim como o ministro de Petróleo norte-coreano.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212