Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Lula: quanto mais me perseguem, mais subo nas pesquisas - Jornal Brasil em Folhas
Lula: quanto mais me perseguem, mais subo nas pesquisas


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou neste sábado, por videoconferência em uma reunião da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) em Adis Abeba, que os esforços para impedir sua candidatura à presidência apenas o tornam mais forte.

Não querem que eu seja candidato porque quanto mais me acusam, quanto mais me perseguem, mais eu subo nas pesquisas, declarou Lula em um discurso transmitido a um congresso sobre a luta contra a fome da FAO na capital da Etiópia.

Lula, condenado na quarta-feira por um tribunal de apelação a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, pretendia viajar a Etiópia para participar na reunião organizada pela FAO e a União Africana.

Mas na sexta-feira um juiz federal emitiu uma ordem para reter o passaporte do ex-presidente de 72 anos, que lidera as pesquisas para as eleições de outubro.

Um advogado do ex-presidente entregou o documento no mesmo dia à Polícia Federal em São Paulo.

Lula considera que as investigações contra ele e sua condenação são parte de uma conspiração da elite política, dos meios de comunicação e dos juízes para impedir sua candidatura.

Sabem que se for candidato - contra os meios de comunicação em meu país, contra as elites brasileiras - minhas possibilidades de ganhar as eleições no primeiro turno são absolutas, disse.

O Brasil, com políticas de luta contra a pobreza elogiadas em todo o mundo, demonstrou que é possível derrotar o fantasma da fome, afirmou Lula.

Lula é considerado culpado de receber um apartamento triplex no Guarujá (São Paulo) por parte da empreiteira OAS em troca de benefícios para a empresa com obras relacionadas à Petrobras.

O ex-presidente pode ser preso uma vez esgotados todos os recursos de segunda instância, algo que poderia demorar várias semanas ou meses.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212