Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 República Tcheca recupera local onde existiu um campo de concentração para ciganos - Jornal Brasil em Folhas
República Tcheca recupera local onde existiu um campo de concentração para ciganos


O terreno onde existiu um campo de concentração nazista para ciganos na República Tcheca, sobre o qual foi construído um matadouro de porcos, será recuperado após a iniciativa do Movimento Comunitário Antirracista de Base (EGAM).

A existência de um enorme matadouro em um local onde ciganos foram mortos pelos nazistas em Lety, sudoeste da República Tcheca, foi denunciado há muito tempo por representantes da sociedade civil e defensores dos direitos humanos.

Na sexta-feira em Praga um memorando de entendimento foi assinado entre representantes do EGAM e do Museu de Cultura Romani em Brno, leste do país.

Um total de 1.300 homens, mulheres e crianças passaram entre agosto de 1942 e maio de 1943 por este campo, no que foi a última etapa para a maioria deles antes de terminar nas câmaras de gás de Auschwitz, um complexo de extermínio da Alemanha nazista situado no território ocupado da Polônia durante a Segunda Guerra Mundial.

Quase 330 ciganos, entre eles pelo menos 241 crianças, morreram em Lety, especialmente de tifo. Os nazistas mataram quase 90% dos ciganos tchecos durante a ocupação do país.

Construído na década de 1970, o matadouro de porcos foi privatizado após a queda do regime comunista em 1989.

Em novembro do ano passado, o governo tcheco anunciou a compra do estabelecimento da empresa privada Agpi por 450 milhões de coroas (17,7 milhões de euros) para desmantelar o local.

O local deve parar de funcionar no fim de fevereiro, segundo a empresa.

O objetivo da iniciativa é ampliar os conhecimentos sobre a história do campo de Lety e sobre as pessoas que estiveram ali, afirma o memorando.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212