Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Estado do Rio vacina cerca de 500 mil pessoas no Dia D contra a febre amarela - Jornal Brasil em Folhas
Estado do Rio vacina cerca de 500 mil pessoas no Dia D contra a febre amarela


Mesmo com a chuva em várias regiões do estado, cerca de 500 mil pessoas compareceram nesse sábado (27) aos locais de vacinação, no Dia D de combate à febre amarela, de acordo com o balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde. A iniciativa contou com o apoio das 92 prefeituras fluminenses, além da mobilização de diversos órgãos do governo estadaual e dos poderes Legislativo e Judiciário.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Junior, a luta contra a doença não se limita ao Dia D, embora a mobilização tenha sido um grande passo para a vacinação de toda a população fluminense. “Nós vamos continuar com a campanha estadual. O número de pessoas que reunimos mostra que estamos no caminho certo. O Rio foi o estado campeão em vacinação contra a febre amarela em 2017”, disse.

Colocamos nossos quartéis à disposição da Secretaria de Saúde, destacando os mais estratégicos para auxiliar neste momento. A proatividade do secretário Luiz Antonio é um fator importante para essa integração, afirmou o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Roberto Robadey.

A expectativa é de vacinar aproximadamente 5,4 milhões de pessoas o quanto antes. Até agora, já foram imunizadas cerca de 8,6 milhões de habitantes em todo o território fluminense, marca impulsionada pela ação realizada ontem.

Em 2018, o estado do Rio registrou 26 casos de febre amarela silvestre em humanos, sendo oito óbitos. De acordo com o último informe epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro, as oito mortes foram registradas em Teresópolis (duas), Valença (quatro), Nova Friburgo (uma) e Miguel Pereira (uma).

Além dos óbitos houve registros da doença em Teresópolis (dois) e Valença (nove). Os outros municípios com anotação de casos da doença foram Petrópolis, Duas Barras, Vassouras e Sumidouro. Em macacos apenas Niterói teve confirmação de febre amarela em animais.

Edição: Armando Cardoso

 

Últimas Notícias

Submarino argentino é encontrado um ano e um dia após desaparecimento
Parlamento cubano rejeita resolução da Eurocâmara sobre direitos human
Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
Livro mistura suspense e fantasia em reflexão sobre violência no país
EBC e Fundação Getulio Vargas firmam acordo para revitalizar acervo
Trabalho de escoramento em viaduto paulistano prossegue neste sábado
Belo Horizonte tem previsão de mais chuva; temporais já mataram quatro
Prefeito de Mariana diz que não desistirá de ação no Reino Unido

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212