Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Estado do Rio vacina cerca de 500 mil pessoas no Dia D contra a febre amarela - Jornal Brasil em Folhas
Estado do Rio vacina cerca de 500 mil pessoas no Dia D contra a febre amarela


Mesmo com a chuva em várias regiões do estado, cerca de 500 mil pessoas compareceram nesse sábado (27) aos locais de vacinação, no Dia D de combate à febre amarela, de acordo com o balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde. A iniciativa contou com o apoio das 92 prefeituras fluminenses, além da mobilização de diversos órgãos do governo estadaual e dos poderes Legislativo e Judiciário.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Junior, a luta contra a doença não se limita ao Dia D, embora a mobilização tenha sido um grande passo para a vacinação de toda a população fluminense. “Nós vamos continuar com a campanha estadual. O número de pessoas que reunimos mostra que estamos no caminho certo. O Rio foi o estado campeão em vacinação contra a febre amarela em 2017”, disse.

Colocamos nossos quartéis à disposição da Secretaria de Saúde, destacando os mais estratégicos para auxiliar neste momento. A proatividade do secretário Luiz Antonio é um fator importante para essa integração, afirmou o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Roberto Robadey.

A expectativa é de vacinar aproximadamente 5,4 milhões de pessoas o quanto antes. Até agora, já foram imunizadas cerca de 8,6 milhões de habitantes em todo o território fluminense, marca impulsionada pela ação realizada ontem.

Em 2018, o estado do Rio registrou 26 casos de febre amarela silvestre em humanos, sendo oito óbitos. De acordo com o último informe epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro, as oito mortes foram registradas em Teresópolis (duas), Valença (quatro), Nova Friburgo (uma) e Miguel Pereira (uma).

Além dos óbitos houve registros da doença em Teresópolis (dois) e Valença (nove). Os outros municípios com anotação de casos da doença foram Petrópolis, Duas Barras, Vassouras e Sumidouro. Em macacos apenas Niterói teve confirmação de febre amarela em animais.

Edição: Armando Cardoso

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212