Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Confronto entre facções deixa 10 mortos em prisão no Ceará - Jornal Brasil em Folhas
Confronto entre facções deixa 10 mortos em prisão no Ceará


Um confronto entre facções deixou nesta segunda-feira (29) dez mortos e vários feridos em uma prisão do interior do Ceará, informou a secretaria de Justiça do governo local.

Os internos iniciaram uma briga entre grupos rivais, o que resultou nas mortes, afirmou a assessoria da Secretaria, detalhando que as forças de segurança já retomaram o controle do centro penitenciário.

Pelo menos dois presos ficaram gravemente feridos e outros - que não foram quantificados - também tiveram ferimentos e foram atendidos em um hospital, mas já voltaram para a prisão, informou a dependência em um comunicado posterior.

Pouco depois do massacre, as forças de segurança retomaram o controle da Cadeia Pública de Itapajé, a 125 km de Fortaleza, e identificaram seis internos como supostos responsáveis pelo crime. Além disso, apreenderam dois revólveres, 38 munições, duas facas, drogas e celulares na penitenciária.

Preventivamente, 44 detentos foram transferidos para outros presídios da região metropolitana da capital.

A tragédia ocorre apenas dois dias após a maior chacina já registrada no estado, quando grupos armados invadiram uma boate em Fortaleza e abriram fogo, deixando 14 mortos e vários feridos.

Um suspeito foi preso e outros cinco foram identificados como participantes do massacre, ocorrido na madrugada de sábado.

O governador do Ceará, Camilo Santana, descreveu o fato como barbárie e informou que implementará medidas para combater o avanço das facções que operam na região.

Entre elas, a centralização das unidades de inteligência das forças de segurança e a criação de uma unidade policial para combater o crime organizado.

Segundo a imprensa local, os dois incidentes estariam relacionados. É a mesma disputa que ocorreu no fim de semana, disse o presidente do sindicato de trabalhadores do sistema penitenciário do Ceará, SINDASP-CE, Valdemiro Barbosa, ao portal R7.

A Cadeia Pública de Itapajé tem capacidade para 25 pessoas e até agora abrigava 113 detentos, informou o porta-voz do sindicato em declarações ao portal de notícias G1.

A guerra entre traficantes de drogas deixou quatro mortos em um ajuste de contas em 7 de janeiro na periferia de Fortaleza.

O Brasil tem a terceira maior população carcerária do mundo, com 726.712 detentos, de acordo com os últimos dados oficiais de junho de 2016.

O número é quase o dobro da capacidade das prisões do país, calculada em 368.049 vagas em 2016.

O início deste ano foi marcado por confrontos letais em vários centros penais.

Desde janeiro de 2017, quando a crise penitenciária se agravou com um massacre em um complexo penitenciário em Manaus, a guerra entre grupos rivais nas prisões deixou mais de 100 mortos.

Os principais massacres em prisões no ano de 2017 ocorreram em Manaus (56 mortos) e Roraima (33), seguidos por Natal (26).

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212