Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Visitas pré-operatórias contribuem para humanização do atendimento no Hugol - Jornal Brasil em Folhas
Visitas pré-operatórias contribuem para humanização do atendimento no Hugol


O Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), devido ao seu perfil de atendimento a pacientes de média e alta complexidade em traumatologia e urgências clínicas, já realizou 36.094 procedimentos cirúrgicos de julho de 2015 a dezembro de 2017.

São 40 procedimentos por dia, em média, nesses 30 meses de funcionamento do hospital, nas especialidades de ortopedia/traumatologia, cirurgia geral, cirurgia plástica reparadora, urologia, buco-maxilo-facial, cirurgia vascular, neurocirurgia e cirurgia pediátrica.

Dentre as etapas necessárias para a execução do procedimento cirúrgico com qualidade e segurança, há a visita pré-operatória empreendida pela equipe de enfermagem do Centro Cirúrgico do Hugol para procedimentos programados. De acordo com a supervisora de enfermagem da área, Josy Dayane dos Santos, “essa visita é uma etapa da Sistematização da Assistência de Enfermagem Perioperatória (Saep), momento em que são documentadas informações importantes para o processo de Cirurgia Segura, como possíveis alergias, doenças preexistentes, orientações de preparo para a cirurgia, tempo de jejum e esclarecimento de dúvidas dos pacientes, o que contribui diretamente para a humanização da assistência prestada”, esclarece.

Monitoramento da qualidade

Josy relata que “a aplicação do Saep contribui para a segurança do paciente, pois durante a aplicação do roteiro nas etapas pré, intra e pós operatórias são confirmados dados importantes como: identificação correta do paciente, procedimento cirúrgico e local correto da cirurgia, administração de antibióticos, disponibilidade de exames e alergias. Essas ferramentas permitem registrar os eventos que aconteceram no transoperatório e manter o monitoramento contínuo da qualidade”. A enfermeira explica ainda que esse contato com o paciente possibilita esclarecer dúvidas a respeito do tratamento proposto, contribuindo para a redução da ansiedade e dos receios do usuário em relação à anestesia e à cirurgia.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212