Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Visitas pré-operatórias contribuem para humanização do atendimento no Hugol - Jornal Brasil em Folhas
Visitas pré-operatórias contribuem para humanização do atendimento no Hugol


O Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), devido ao seu perfil de atendimento a pacientes de média e alta complexidade em traumatologia e urgências clínicas, já realizou 36.094 procedimentos cirúrgicos de julho de 2015 a dezembro de 2017.

São 40 procedimentos por dia, em média, nesses 30 meses de funcionamento do hospital, nas especialidades de ortopedia/traumatologia, cirurgia geral, cirurgia plástica reparadora, urologia, buco-maxilo-facial, cirurgia vascular, neurocirurgia e cirurgia pediátrica.

Dentre as etapas necessárias para a execução do procedimento cirúrgico com qualidade e segurança, há a visita pré-operatória empreendida pela equipe de enfermagem do Centro Cirúrgico do Hugol para procedimentos programados. De acordo com a supervisora de enfermagem da área, Josy Dayane dos Santos, “essa visita é uma etapa da Sistematização da Assistência de Enfermagem Perioperatória (Saep), momento em que são documentadas informações importantes para o processo de Cirurgia Segura, como possíveis alergias, doenças preexistentes, orientações de preparo para a cirurgia, tempo de jejum e esclarecimento de dúvidas dos pacientes, o que contribui diretamente para a humanização da assistência prestada”, esclarece.

Monitoramento da qualidade

Josy relata que “a aplicação do Saep contribui para a segurança do paciente, pois durante a aplicação do roteiro nas etapas pré, intra e pós operatórias são confirmados dados importantes como: identificação correta do paciente, procedimento cirúrgico e local correto da cirurgia, administração de antibióticos, disponibilidade de exames e alergias. Essas ferramentas permitem registrar os eventos que aconteceram no transoperatório e manter o monitoramento contínuo da qualidade”. A enfermeira explica ainda que esse contato com o paciente possibilita esclarecer dúvidas a respeito do tratamento proposto, contribuindo para a redução da ansiedade e dos receios do usuário em relação à anestesia e à cirurgia.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212