Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump deve pedir apoio dos democratas em tradicional discurso ao Congresso - Jornal Brasil em Folhas
Trump deve pedir apoio dos democratas em tradicional discurso ao Congresso


Em seu primeiro Discurso sobre o Estado da União na noite desta terça-feira (30), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deve pedir apoio dos democratas para aprovar sua nova legislação sobre imigração. Para conseguir esse apoio, o tom do pronunciamento deve ser mais conciliador do que o habitual.

O tradicional Discurso sobre o Estado da União é um relatório apresentado anualmente pelo presidente ao Congresso, e geralmente não só reporta as condições em que o país se encontra, mas também permite ao governante apresentar sua proposta legislativa (que necessita da cooperação do Congresso) e as prioridades nacionais.

Durante a cerimônia de posse do novo secretário de Saúde, Alex Azar, nesta segunda (29), Trump disse que a reforma migratória precisará do apoio tanto do Partido Republicano quanto do Partido Democrata, porque, segundo ele, “os republicanos não têm os votos necessários para fazê-la de outro jeito”.

O presidente também disse que vai falar sobre seus esforços para diminuir barreiras ao comércio para a exportação de bens norte-americanos e voltou a afirmar que “o mundo tirou vantagem dos Estados Unidos em temas de comércio por muitos anos”.

Em uma entrevista para a rede de televisão CNBC, o conselheiro-chefe para assuntos econômicos de Trump, Gary Cohn, disse que o presidente também deve focar em seu plano de infraestrutura para o país, que inclui investimentos de cerca de US$ 1,5 trilhão. O plano seria o próximo passo na agenda econômica de Trump, depois dele ter revisto regulamentações e aprovado a reforma tributária no final do ano passado.

“Hoje nós temos um processo para aprovação de projetos de infraestrutura que demora de sete a dez anos para construir estradas relativamente simples. Nós queremos simplificar isso para não mais do que dois anos”, disse Cohn. Ele também afirmou que o presidente deve focar em temas de segurança durante seu discurso.

Edição: Augusto Queiroz

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212