Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cresce 151% número de reclamações sobre espera de atendimento em agências bancárias - Jornal Brasil em Folhas
Cresce 151% número de reclamações sobre espera de atendimento em agências bancárias


O número de reclamações de consumidores registradas no Procon Goiás em relação ao tempo de espera por atendimento nas agências bancárias aumentou 151% em 2017, totalizando 1434 registros, contra 570 em 2016. As denúncias/reclamações foram registradas no órgão por meio do Disque Denúncia (telefone 151), Procon Web e/ou pessoalmente por consumidores que se sentiram lesados com o desrespeito à Lei Municipal de Goiânia nº 7.867/1999, alterada pela Lei Municipal 10.012, de 20 de janeiro de 2017.

O Procon Goiás fiscaliza regularmente as agências bancárias. Além do tempo de espera, são observadas a quantidade de guichês disponíveis, caixas em funcionamento, quantidade de consumidores na fila, quantidade de terminais de auto-atendimento, a presença de orientadores nas unidades e a disponibilização de assentos e senhas.

Ao longo do ano de 2017, foram realizadas 511 fiscalizações em instituições financeiras, tendo sido lavradas 227 autuações – a maioria pelo tempo excedido à espera por atendimento (seja na fila para atendimento no caixa, atendimento pelo gerente ou outro serviço).

Lei Municipal de Goiânia nº 7.867/1999

Esta lei estabelece como tempo razoável para atendimento o prazo de até 20 minutos em dias normais e também nos dias de pagamentos de funcionários públicos Municipais, Estaduais, Federais e concessionários de serviços públicos, tributos Municipais, Estaduais e Federais.

Já em véspera de, ou após feriados prolongados, o prazo estabelecido é de 30 minutos.

A Lei Municipal de Goiânia nº 7.867/1999 teve o conteúdo alterado pela Lei Municipal 10.012, de 20 de janeiro de 2017, que estabelece obrigatoriedade às agências bancárias de colocar à disposição dos usuários, pessoal suficiente para que o atendimento seja efetuado em tempo razoável.

Além disso, os estabelecimentos bancários devem afixar em lugar visível ao público cartaz indicativo do tempo máximo para atendimento do usuário, bem como o telefone do Procon Goiás (Disque Denúncia 151)

Orientação

O Procon Goiás orienta os consumidores que validem a senha com data e horário durante o atendimento e guardem o comprovante da transação bancária realizada. Tais documentos são importantes no momento de registrar a reclamação para comprovação do tempo de espera.

Além de registrar a reclamação no Procon Goiás, que atua na esfera administrativa, o consumidor pode ainda ajuizar ação de indenização nos Juizados Especiais Cíveis quando houver comprovação de prejuízos materiais ou morais.

O consumidor que constatar qualquer irregularidade pode registrar a denúncia junto ao Procon Goiás, por meio do 151 ou pela plataforma online Procon Web (proconweb.ssp.go.gov.br)

As reclamações também podem ser registradas presencialmente na sede do órgão, situada na Rua 8, nº 242, Ed. Torres, Setor Central, em Goiânia.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212