Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Febre amarela mata 28 pessoas em uma semana no Brasil - Jornal Brasil em Folhas
Febre amarela mata 28 pessoas em uma semana no Brasil


O balanço de mortes pela febre amarela no Brasil desde julho de 2017 passou de 53 a 81, com 28 mortos na última semana (+52%), indicaram fontes oficiais nesta terça-feira (30).

Desde julho de 2017, há 213 casos confirmados, 83 deles desde 23 de janeiro.

O país sul-americano enfrenta o segundo surto anual consecutivo da doença, que matou 261 pessoas no primeiro semestre de 2017.

Em ambos os casos, o epicentro se situa em três estados do sudeste: São Paulo, com 108 casos confirmados e 43 mortes; Minas Gerais, com 77 casos y 30 óbitos; e Rio de Janeiro, com 27 casos e sete mortos.

O Distrito Federal de Brasília (centro-oeste) também registrou uma morte, segundo o balanço nacional.

Campanhas de vacinação estão sendo realizadas em vários estados, entre eles os três mais afetados pelo vírus, que circula perto de centros urbanos.

A febre amarela é transmitida aos humanos pela picada de mosquitos que antes picaram um macaco infectado. No Brasil, se apresenta na modalidade de ciclo rural e está restrita a zonas florestais, consideradas prioritárias para efeitos de imunização.

A modalidade urbana acontece quando um mosquito transmite o vírus de uma pessoa infectada a uma saudável. Mas não há registros deste ciclo no Brasil desde 1942, e as autoridades negam indícios de uma urbanização da doença.

A febre amarela provoca febre, calafrios, fadiga, dores de cabeça e musculares, geralmente associados a náuseas e vômitos. Os casos graves levam a uma insuficiência renal e hepática, icterícia e hemorragia.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212