Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mogherini diz que EUA são essenciais para resolver conflito israelense-palestino - Jornal Brasil em Folhas
Mogherini diz que EUA são essenciais para resolver conflito israelense-palestino


A chefe da Diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, considerou nesta quarta-feira (31) que os Estados Unidos continuam sendo essenciais para que um processo (de paz) tenha chances reais de ter sucesso e possam acabar com o conflito israelense-palestino.

É um momento difícil, disse Mogherini antes de uma reunião do grupo internacional de doadores para a Palestina em Bruxelas, convocada de urgência depois do reconhecimento pelo presidente americano, Donald Trump, de Jerusalém como capital de Israel.

O que conta para nós é que todo mundo reconheça que os Estados Unidos são essenciais para que um processo (de paz) tenha chances reais de ter sucesso, mas também que nossos amigos americanos compreendam que será mais difícil alcançar alguma coisa sozinhos, continuou.

Nada sem os Estados Unidos, mas nada quando os Estados Unidos agirem sozinhos, disse a chefe da diplomacia europeia. Acrescentou que espera que a reunião possibilite restaurar um pouco a confiança entre as partes.

Trump mandou para esta reunião de doadores para a Palestina seu enviado especial para o Oriente Médio, Jason Greenblatt, e a Autoridade Palestina o seu primeiro-ministro, Rami Hamdallah. Israel deslocou seu ministro para a Cooperação Regional, Tzachi Hanegbi.

Os ministros das Relações Exteriores de Marrocos, Egito, Jordânia e o vice-ministro das Relações Exteriores da Turquia também estavam presentes.

Mogherini também anunciou que a UE desbloqueou uma nova ajuda, de 42,5 milhões de euros, inclusive para atividades em Jerusalém Oriental, e para construir um Estado palestino democrático.

Na terça-feira, o enviado especial da ONU no Oriente Médio, Nickolay Mladenov, advertiu que a Faixa de Gaza, que está sob bloqueio, está à beira de um desmoronamento total.

Mladenov, que compareceu à reunião de doadores em Bruxelas, considerou que salvar Gaza de um desastre passa pela restauração do poder da Autoridade Palestina nesse território, controlado atualmente pelos islamitas do Hamas.

Sem essa transferência de poderes, Gaza pode explodir novamente, de maneira ainda mais violenta e sangrenta do que no passado, advertiu.

Um apoio financeiro maior é urgente, disse em Bruxelas a ministra norueguesa das Relações Exteriores, Ine Eriksen Soreide, que copresidiu a reunião com Mogherini.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212