Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Parlamento britânico debate mudança de emblemática sede por reformas - Jornal Brasil em Folhas
Parlamento britânico debate mudança de emblemática sede por reformas


Os deputados britânicos decidem, nesta quarta-feira 931), se reformam sua simbólica sede em Westminster e, em caso positivo, se ficarão instalados em outro imóvel durante as obras.

Insetos, goteiras, umidade, frio e um grande risco de incêndio afetam o palácio, cuja ala mais antiga data do século XI e cuja fachada é dominada pelo Big Ben, a torre do relógio, que já está em processo de restauração.

Ninguém discute que a sede precisa de reformas, mas os parlamentares se dividem entre os que preferem se mudar totalmente para outro lugar, o que reduziria o custo da operação, e aqueles que resistem a esvaziar a emblemática sede, principal símbolo da democracia britânica.

O risco de um acidente é alto e cresce a cada mês que passa, concluiu um comitê parlamentar em um informe em março.

Um incêndio, vazamentos de água, uma pane elétrica total, ou qualquer outra avaria mecânica são as causas mais prováveis, advertiu o documento.

Para um lugar que é patrimônio mundial, a sede da mãe de todos os Parlamentos, não é possível não fazer nada, completa.

A parte mais velha do Palácio de Westminster foi construída em 1099, mas grande parte desse edifício com mais de mil gabinetes remonta a meados do século XIX.

Completar o mínimo de obras necessárias com os parlamentares permanecendo no palácio custaria 5,7 bilhões de libras (8 bilhões de dólares) e levaria 32 anos.

Se os deputados forem para outro lugar, seguidos então pelos Lordes, as obras vão durar até 11 anos e cairão pela metade, custando cerca de 4 bilhões de libras.

A terceira opção - a mais econômica e mais rápida - seria transferir todos para uma nova sede por seis anos, a 3,5 bilhões de libras.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212