Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Atentado no sudeste da Turquia deixa seis mortos e 39 feridos - Jornal Brasil em Folhas
Atentado no sudeste da Turquia deixa seis mortos e 39 feridos


Seis pessoas morreram e 39 pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira em um ataque com carro-bomba executado por rebeldes curdos do PKK contra uma delegacia do sudeste da Turquia, anunciaram as autoridades provinciais.

O ataque inicial com um carro-bomba matou duas pessoas na cidade Cinar, província de Diyarbakir.

Outras quatro pessoas, incluindo um bebê, faleceram do desabamento de um edifício próximo em consequência dos danos provocados pela explosão, segundo as autoridades.

As autoridades locais atribuíram o ataque ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

As imagens divulgadas pela imprensa mostram os grandes danos provocados pela explosão no edifício residencial utilizado por oficiais da polícia e suas famílias, com a fachada destruída pela explosão.

As vítimas fatais são todas civis, mas entre os feridos também estão policiais, segundo o governo de Diyarbakir.

Depois da explosão do carro-bomba, integrantes do PKK prosseguiram com o ataque e utilizaram lança-foguetes. A polícia respondeu e os combates demoraram 40 minutos.

Depois de dois anos de cessar-fogo, os combates entre as forças de segurança turcas e o PKK foram retomados no ano passado, o que acabou com as negociações de paz iniciadas em 2012 para tentar acabar com um conflito que deixou mais de 40.000 mortos desde 1984.

Além das habituais emboscadas do PKK contra as forças oficiais em zonas rurais e montanhosas, várias cidades do sudeste da Turquia, de maioria curda, também registram confrontos entre as Forças Armadas e jovens partidários do movimento.

O PKK iniciou uma ofensiva contra o Estado turco em 1984 com o objetivo de obter a independência da região curda, mas agora luta mais para conquistar uma autonomia maior, assim como direitos para a minoria étnica mais importante do país.

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212