Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mortes na Cidade de Deus e pânico na Linha Amarela - Jornal Brasil em Folhas
Mortes na Cidade de Deus e pânico na Linha Amarela


Rio de Janeiro. Três suspeitos morreram na quarta-feira (31) em confrontos com policiais militares na Cidade de Deus, na zona Oeste do Rio. Um deles era Rodolfo Pereira da Silva, o Rodolfinho, apontado como um dos chefes do tráfico de drogas na região. Em protesto, moradores colocaram barricadas na Linha Amarela, começou a ter interdições intermitentes a partir das 11h devido à operação para a retirada dos bloqueios e devido às trocas de tiros. A via chegou a ser fechada por três vezes e foi liberada por volta das 13h.

Por volta das 14h, moradores relataram que parte do comércio na comunidade estava fechada. O Globocop, helicóptero da TV Globo, flagrou homens armados circulando na comunidade. Uma das imagens mais fortes é a de uma mãe que deixou o carro onde estava e abraçou os dois filhos pequenos para protegê-los. Ela se sentou no asfalto e ficou encostada na mureta da via.

Os tiroteios causaram pânico entre os motoristas que estavam ao longo da via. Alguns abandonaram os carros e saíram correndo. Um reboque teve que retirar os veículos deixados na pista. Alguns carros voltaram pela contramão. A Linha Amarela é uma das principais vias expressas do Rio de Janeiro e liga a zona Oeste à zona Norte do Rio e à Ilha do Governador.

No Rio na quarta-feira, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, anunciou medidas que pretende tomar nos próximos meses para ajudar no combate ao crime no Estado. A primeira, segundo ele, será a atuação permanente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas vias expressas do Rio.

“Um outro aspecto é o bloqueio marítimo, que nós vamos fazer nas diversas baías. Um terceiro é aquilo que eu me referi à parte aérea, assim como uma corregedoria autônoma, integrada”, disse Jungmann. Durante palestra no Rio, o ministro afirmou que o sistema de segurança do Brasil está falido. “Nem (o traficante Antônio Bonfim Lopes) está a 5.000 km do Rio. Mesmo assim, declara uma guerra na Rocinha, o que leva as Forças Armadas a serem convocadas”, disse.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212