Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Diretor da PF vai aos EUA discutir cooperação e combate às fake news - Jornal Brasil em Folhas
Diretor da PF vai aos EUA discutir cooperação e combate às fake news


O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, vai aos Estados Unidos nesta terça-feira (30) para discutir medidas colaborativas contra crimes transnacionais, como o tráfico de drogas, o tráfico de armas e a pornografia infantil. O dirigente também vai trocar informações sobre iniciativas para conter a disseminação de notícias falsas, as chamadas fake news.

Segovia espera aprofundar a troca de informações sobre as notícias falsas durante o processo eleitoral deste ano, para estabelecer uma metodologia de combate mais efetiva. Para isso, serão compartilhadas experiências da última eleição presidencial norte-americana.

Em Washington, Segovia se reunirá com representantes do FBI (a Polícia Federal norte-americana), do Serviço de Segurança Diplomática do Departamento de Estado e do Departamento de Segurança Interna e Proteção Aduaneira e Fronteiras e Imigração e Alfândega do governo dos Estados Unidos.

A viagem do diretor da PF busca fortalecer o compartilhamento de tecnologias, programas de treinamento, capacitação de policiais e a abertura de novas adidâncias (representação no exterior) temáticas policiais nos EUA. Em nota divulgada nesta terça-feira (30), a Embaixada dos Estados Unidos ressaltou a importância do trabalho rotineiro de colaboração das autoridades federais e estaduais com nove agências norte-americanas.

“A visita do diretor-geral Segovia a Washington demonstra a força do nosso relacionamento na medida em que trabalhamos juntos para combater a ameaça de crime transnacional que afeta a todos”, afirma o comunicado.

Também em nota, a PF afirmou que a atuação integrada com as agências norte-americanas pode ser ainda maior.

“Nossa intenção é aprofundar a troca de informações com as agências norte-americanas, verificando onde a relação entre a PF e as autoridades das forças de segurança norte-americanas pode ser expandida e aperfeiçoada. Uma estratégia eficaz e ágil de combate a organizações criminosas transnacionais exige a implementação de novas estratégias e canais diretos de cooperação internacional entre as polícias de todo o mundo”, afirma Segovia, segundo o texto divulgado pela PF.

Segundo dados divulgados pela PF, as parcerias com as agências norte-americanas têm apresentado resultados expressivos.

A colaboração com a Agência Antidrogas Americana (DEA) levou ao recorde na apreensão de drogas no Brasil em 2017. Foram apreendidas 353 toneladas de maconha e mais de 47 toneladas de cocaína, além de um expressivo aumento de 26% na apreensão de cocaína em aeroportos em relação a 2016.

No combate à pornografia infantil, a cooperação resultou em 245 operações em 2017, com um total de 110 presos.


 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212