Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Aeroporto de Confins tem um dos melhores índices de satisfação do país - Jornal Brasil em Folhas
Aeroporto de Confins tem um dos melhores índices de satisfação do país


Dentre os 20 maiores aeroportos do País, o de Curitiba obteve a melhor satisfação dos passageiros no último trimestre de 2017, seguido de Viracopos em Campinas e Confins, em Belo Horizonte. De acordo com o Relatório de Desempenho Operacional dos Aeroportos divulgado nesta terça-feira (30), pelo Ministério dos Transportes.

Esse foi o primeiro trimestre em que a pesquisa passou a contar com 20 aeroportos, responsáveis por 87% da movimentação de passageiros no Brasil. Até então, a pesquisa era feita com 15 aeroportos. A pesquisa aborda 38 indicadores de infraestrutura, atendimento, serviços, itens de gestão e a satisfação geral.

Dos 15 aeroportos que já vinham sendo avaliados, 14 tiveram nota acima de 4 pontos, que é a meta do governo. Curitiba liderou com 4,77 pontos, seguida por Viracopos (4,76), Confins e Natal (4,48), Santos Dumont e Guarulhos (4,43), Manaus (4,39), Brasília (4,34), Fortaleza (4,32), Recife (4,29), Porto Alegre (4,28), Congonhas (4,22), Cuiabá (4,14) e Galeão (4,11).

Desse grupo, apenas o aeroporto de Salvador ficou abaixo da meta, com uma nota de 3,91 pontos. Há uma manutenção da percepção positiva que os clientes têm dos aeroportos. Já o aeroporto de Salvador continua sendo um ponto de atenção, reconheceu o secretário de Aviação Civil do Ministério dos Transportes, Dario Lopes.

Foram entrevistadas 13.908 pessoas nesses terminais e, na média, a nota desses 15 aeroportos ficou em 4,35 pontos no fim de 2017, ante 4,28 pontos no último trimestre de 2016. Nessa comparação, porém, houve piora nas notas dos aeroportos de Porto Alegre, Brasília, Recife e Galeão. Segundo Lopes, os problemas pontuais identificados nesses terminais já estão sendo corrigidos.

De acordo com o secretário, as principais reclamações dos passageiros ainda ocorrem em questões como conforto térmico, conforto acústico e o acesso à internet. Ainda não estamos em um patamar confortável, mas a evolução dos indicadores das áreas de comércio e alimentação dos aeroportos mostra que estamos no caminho certo, acrescentou.

Nesse trimestre, o levantamento passou a contabilizar as avaliações dos aeroportos de Maceió (4,28), Goiânia (4,21), Belém (4,01), Vitória (3,85) e Florianópolis (3,51). Nesses casos, a pesquisa foi realizada apenas nos meses de novembro e dezembro.

O ministério também mediu a qualidade dos serviços das empresas aéreas no último trimestre de 2017. A Azul foi a companhia mais bem avaliada nos quesitos tempo de espera na fila para embarque doméstico (10 minutos e 25 segundos); espera no balcão de check-in (6 minutos e 20 segundos); e tempo médio de restituição da última bagagem (5 minutos e 6 segundos). A Gol teve o melhor tempo de restituição da primeira bagagem (9 minutos e 24 segundos).

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212