Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Foliões tomam vacina contra febre amarela nos blocos no Rio - Jornal Brasil em Folhas
Foliões tomam vacina contra febre amarela nos blocos no Rio


O Estado do Rio de Janeiro realizou neste sábado, 27, o Dia D da vacinação contra a febre amarela. A meta era imunizar 600 mil pessoas nos 92 municípios fluminenses, das 8 às 17 horas - não foi divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde se a marca foi alcançada.

Ficaram abertos os postos de saúde municipais, 29 UPAs, hospitais, tendas, unidades da polícia, quartéis de bombeiros e outros prédios públicos, como o da Assembleia Legislativa e o do Tribunal de Justiça, no centro da capital.

O secretário Luiz Antonio Teixeira Jr. acompanhou a vacinação e convocou a população a aderir. Pais e filhos se imunizaram juntos, e até pessoas fantasiadas que iam para blocos de Carnaval aproveitaram os postos no caminho.

Já foi imunizada mais da metade da população do Estado, cerca de 8,1 milhões de pessoas, restando 5,9 milhões ainda por vacinar. Conforme a SES, o Rio é o Estado que mais vacinou em 2017.

Aumentam casos em humanos

Na sexta-feira, 26, subiu para 26 o número de casos de febre amarela silvestre em humanos no mês de janeiro no Rio de Janeiro, conforme boletim divulgado pela secretaria. A maior parte segue em Valença, no Sul do Estado - 13 registros - e em Teresópolis, na Região Serrana - quatro registros. O município de Sumidouro, na região central do Estado, teve mais uma ocorrência confirmada, somando duas. Já foram confirmadas oito mortes.

Nova Friburgo, Petrópolis, Miguel Pereira, Duas Barras, Rio das Flores e Vassouras são outras cidades também com casos de febre amarela silvestre. Em Niterói, no Grande Rio, um macaco foi contaminado. A SES ressalta que os macacos não transmitem a doença, e sim mosquitos - o alerta é uma forma de evitar que humanos matem os primatas inadvertidamente, como vem acontecendo no Rio - já são 131 mortes este mês, a maior parte, por agressão ou envenenamento.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212