Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Apreensões de mercadorias, drogas e cigarros bateram recorde em 2017 - Jornal Brasil em Folhas
Apreensões de mercadorias, drogas e cigarros bateram recorde em 2017


O secretário da Receita Federal, auditor-fiscal Jorge Rachid, apresentou nesta sexta-feira (26) os resultados da Instituição na área aduaneira em 2017. No período, foram apreendidos R$ 2,3 bilhões em mercadorias nas ações de combate ao contrabando, ao descaminho e à pirataria, resultado 9,46% maior que o alcançado em 2016, quando as apreensões somaram R$ 2,1 bilhões.

As apreensões de cigarros cresceram 11,16%. As de drogas, 122,4%. Só de maconha, foram mais de 28 toneladas, contra apenas 5 toneladas em 2016.

Os números foram anunciados durante a cerimônia de celebração do Dia Internacional das Aduanas, realizada em Brasília. O secretário destacou que “esses resultados foram produzidos a partir de muita competência e esforço dos profissionais da Receita Federal, que alcançou bons resultados mesmo sem aumento do quadro de pessoal”.

Rachid mostrou também a evolução dos indicadores de agilidade e fluidez na atuação da Receita Federal nas operações de comércio exterior. Em 2017, na importação, o Grau de Fluidez, indicador que considera o percentual de declarações de importação desembaraçadas em menos de 24h alcançou 92,97%. Na exportação, considerando declarações desembaraçadas em menos de 4h, o indicador alcançou 96,74%

Segundo Rachid, “a constante evolução na facilitação contribui para o fortalecimento do comércio exterior e para a melhoria do ambiente de negócio no País”.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212