Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Supermercados de Minas têm alta de 2,29% nas vendas - Jornal Brasil em Folhas
Supermercados de Minas têm alta de 2,29% nas vendas


As vendas dos supermercados mineiros cresceram 2,29% no acumulado de 2017 ante 2016, marcando o sexto ano seguido de expansão do segmento no Estado, segundo dados do Termômetro de Vendas, pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados (Amis), divulgada nessa quinta-feira (25). Já em dezembro, a alta chegou a 2,17% frente ao mesmo mês de 2016, e a 25,2% em relação a novembro, impulsionada, nesse caso, pelo Natal e pelas festividades de fim de ano. Ainda segundo a entidade, o faturamento real do setor somou R$ 34,7 bilhões no ano passado.

O resultado de 2,29% no ano ficou acima das projeções da associação, feitas no começo de 2017, quando foi prevista alta de 1,7%. Esse crescimento, conforme a associação, pode ser atribuído a fatores como o maior nível de ocupação dos consumidores, o aumento da massa de rendimentos, a melhora geral no ambiente econômico e o próprio dinamismo do setor, que adotou estratégias para melhorar as vendas.

No ano passado, o segmento supermercadista mineiro abriu 66 lojas e reformou outras 74, com a geração de 10,2 mil postos de trabalho, de acordo com a Amis. Ao todo, foram investidos R$ 492,5 milhões. Com os novos números, o segmento encerrou 2017 empregando diretamente 190.400 pessoas. E o total de lojas chegou a 7.173.

Esses números também estão acima do que foi projetado início de 2017, que eram de 56 novas unidades, 70 reformas e 5,6 mil novos empregos. Os investimentos, na época, foram estimados em R$ 400 milhões.

Segundo os empresários, este ano vai ser de consolidação das lojas abertas em 2017, mas os aportes em novos pontos vão continuar, mesmo que menores. As principais redes do Estado já confirmaram a abertura de lojas e reformas de outras unidades. Ao todo, o segmento deve ganhar mais 60 pontos de vendas em 2018 e cerca de 6,8 mil postos de trabalho serão gerados, o que deve demandar investimentos de cerca de R$ 440 milhões.


 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212