Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Dólar à vista cai a R$ 3,17 com placar de 3 a 0 contra Lula no TRF-4 - Jornal Brasil em Folhas
Dólar à vista cai a R$ 3,17 com placar de 3 a 0 contra Lula no TRF-4


A perspectiva dos investidores de que a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fosse mantida por unanimidade pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) - o que acabou se confirmando - fez o dólar à vista fechar na casa dos R$ 3,17, no menor patamar em mais de três meses, depois de ter alcançado os R$ 3,15 durante a sessão. No mercado futuro, com a confirmação do placar de 3 a 0, a moeda americana para fevereiro fechou a R$ 3,15, em queda de quase 3%

Contribuiu para a forte apreciação do real a queda generalizada da divisa americana no exterior. O dólar à vista terminou em baixa de 1,93%, a R$ 3,1734. É o menor valor de fechamento desde 18 de outubro de 2017, quando ficou em R$ 3,1679. O giro foi de US$ 1,349 bilhão. Na mínima, chegou a R$ 3,1524 (-2,58%) e, na máxima, a R$ 3,2316 (-0,13%). No mercado futuro, o dólar para fevereiro encerrou em queda de 2,81%, a R$ 3,1500.

O relator do caso, desembargador João Pedro Gebran, foi o primeiro a proferir seu voto. Ele decidiu aumentar a pena total imposta ao petista pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva no caso do triplex do Guarujá. Em vez de 9 anos e 6 meses, o magistrado pediu pena de 12 anos e um mês de reclusão de regime fechado.

Em seguida, o desembargador Leandro Paulsen, presidente da 8ª Turma do TRF-4 e revisor do processo, também decidiu pela manutenção da condenação de Lula pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Ele seguiu o relator e pediu que o petista cumpra 12 anos e um mês em regime fechado.

Terceiro e último a se manifestar, o desembargador Victor Laus acompanhou integralmente o voto dos outros dois desembargadores. Segundo ele, Lula deveria ter impedido o esquema de corrupção.

O dólar à vista já tinha encerrado os negócios quando Laus concluiu seu voto, mas no mercado futuro a divisa aprofundou a queda.

Com a condenação mantida em segunda instância, diminuem substancialmente as chances de que o petista seja candidato nas eleições presidenciais deste ano, mesmo recorrendo da decisão.

O cenário externo também contribuiu para o otimismo doméstico, uma vez que as commodities subiram, comentou Leandro Ruschel, sócio-fundador do Grupo L&S. A moeda americana recuava ante moedas fortes e emergentes.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212