Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Rússia voltou a crescer em 2017 - Jornal Brasil em Folhas
Rússia voltou a crescer em 2017


A Rússia voltou a crescer em 2017, após dois anos de recessão, mas a expansão - divulgada dois meses antes das eleições presidenciais - ficou aquém da meta do governo, segundo dados da agência oficial de estatísticas publicados nesta quinta-feira (1).

O Produto Interno Bruto (PIB) subiu 1,5% no ano passado, após recuar 2,8% em 2015 e 0,2% em 2016, afirmou a agência Rosstat.

O ministro de Economia, Maxim Oreshkin, disse diversas vezes ao longo do ano que esperava uma expansão de 2%. Entretanto, o fim de 2017 foi marcado por uma desaceleração, especialmente na produção industrial.

Em 2015 e 2016, a Rússia experimentou sua recessão mais longa desde que Vladimir Putin chegou ao poder, no fim de 1999.

A crise levou a uma rápida desaceleração dos salários russos e foi provocada por uma queda nos preços do petróleo em 2014, bem como por sanções internacionais impostas devido às ações de Moscou na Ucrânia.

A Rússia só emergiu da recessão no fim de 2016, com um crescimento de 0,3% no quatro trimestre.

A expansão de 2017 é modesta em comparação com o crescimento de mais de 7% - devido ao aumento dos preços do petróleo durante os dois primeiros mandatos de Putin, de 2000 a 2008.

Não será suficiente impulsionar os salários reais, que caíram por quatro anos consecutivos.

Putin estabeleceu uma meta para superar o crescimento global - previsto pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em 3,9% neste ano - e alertou para a estagnação provocada pela falta de reformas.

Antes das eleições de março, o presidente pediu a numerosos economistas que criassem medidas para revigorar e diversificar a economia. Como o país conseguiu sair da da recessão, isso se tornou menos prioritário.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212