Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mortes por febre amarela no estado do Rio chegam a 18 - Jornal Brasil em Folhas
Mortes por febre amarela no estado do Rio chegam a 18


A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (3) a morte de mais uma pessoa vítima de febre amarela no estado. No total, são 18 mortes por causa da doença, todas vítimas da febre amarela silvestre, ou seja, em regiões rurais. O número de casos confirmados da doença subiu para 42.

O município com o maior número de casos é o de Valença, no sul fluminense, com 14 confirmações. A cidade também registra o maior número de óbitos: cinco. Em seguida vem Teresópolis, na Região Serrana do estado, com três óbitos e sete casos da doença; duas mortes foram registradas em Nova Friburgo, também na Região Serranae em Rio das Flores, no sul fluminense – na primeira existem três casos confirmados e na segunda, dois.

A Secretaria Estadual de Saúde lembra mais uma vez ressalta que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos. Ao encontrar macacos mortos ou doentes (apresentando comportamento anormal, como estar do grupo ou ter movimentos lentos), o cidadão deve informar o mais rápido possível as secretarias de Saúde.

A Secretaria reforça a importância das pessoas que ainda não se vacinaram buscarem um posto de saúde próximo de casa para serem imunizadas.

Edição: Lidia Neves

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212