Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Educação de Aparecida é inspiração para gestores - Jornal Brasil em Folhas
Educação de Aparecida é inspiração para gestores


O salto na qualidade da Educação em Aparecida de Goiânia tem atraído a atenção de governantes e gestores de todo o Brasil. Muito desse avanço é fruto do Programa Escola da Inteligência, adotado na Rede Municipal de Ensino pelo quinto ano consecutivo. Somente no ano passado, outras três autoridades estiveram em Aparecida para conhecer de perto o programa: o vereador de Macapá (Amapá) Eddy Clay, o deputado distrital Rodrigo Delmasso e o secretário executivo de Governo da Prefeitura de Teresina (PI), Sérgio Bandeira.
Desta vez, o secretário de Educação de Aparecida de Goiânia, Domingos Pereira, e a superintendente pedagógica, Vânia França, receberam o secretário de Governo de Ribeirão das Neves, Maurício Dutra, para apresentar os resultados da Escola da Inteligência. O programa foi idealizado pelo psiquiatra e escritor Augusto Cury, que produziu o material e cedeu os direitos autorais para tornar os livros mais acessíveis, com o objetivo de formar crianças emocionalmente saudáveis e cidadãos mais críticos.
“Muitos programas nos são apresentados sem aplicabilidade real; ficam só no campo das ideias e apenas no papel. Por isso, foi extremamente importante ter vindo aqui ver in loco o programa funcionando na prática, com resultados materializados e muito positivos”, avaliou Maurício Dutra. Em Aparecida de Goiânia, 31 mil estudantes já fizeram parte da Escola da Inteligência. Neste ano, o programa foi ampliado para atender 19 CMEIS, totalizando 11.130 alunos. Em todo o Brasil, 205 mil alunos, de instituições privadas e públicas de 25 estados, aprenderam com a Escola da Inteligência somente em 2015.
Com apenas uma hora/aula por semana, crianças aprendem a administrar a mente, a pensar antes de agir, a lidar com as emoções e a respeitar os outros. Entre os principais resultados, estão o salto na aprendizagem, redução da evasão escolar e melhoria no relacionamento entre professores, estudantes e familiares.
Na opinião do secretário Domingos Pereira, o principal mérito da Escola da Inteligência é a atração dos pais para o cotidiano de seus filhos. “A aplicação do programa atraiu a participação significativa da comunidade no dia a dia da vida escolar dos alunos”, comemora. A superintendente Vânia França destacou também o apoio do programa aos professores e, como consequência, a redução de atestados por doenças emocionais. Ela relatou ainda histórias de vida de professores e alunos que foram transformadas com os ensinamentos da Escola da Inteligência.
A diretora da Inteligência Educacional, que aplica o Programa Escola da Inteligência na rede pública de oito cidades brasileiras, Millena Araújo, acompanhou a visita e elogiou o empenho e a parceria firmada com Aparecida de Goiânia na aplicação do programa: “Devido à seriedade e à eficiência na gestão da Secretaria de Educação, Aparecida tornou-se um exemplo para o Brasil”.

Espelho

Assim como Aparecida de Goiânia, Ribeirão das Neves tem cerca de 500 mil habitantes e fica situada na Região Metropolitana de Belo Horizonte. É ainda considerada uma cidade dormitório e tem população predominantemente jovem, com 68% dos habitantes de até 25 anos, e altos índices de violência.
“O programa encaixa como uma luva em Ribeirão das Neves”, concluiu o secretário Maurício Dutra, após conferir aplicabilidade e resultados da Escola da Inteligência em Aparecida de Goiânia. “É um programa extremamente necessário, porque não adianta apenas boa informação, sem capacidade de interagir e se relacionar. O mais complexo e difícil é ensinar a se relacionar, a ter limites e respeitar o outro”, completou Maurício.
Segundo o secretário, há grande vontade política e interesse da Prefeitura em melhorar a educação do município mineiro. O programa seria o ideal porque “estimula o jovem a pensar, a se abrir e a refletir mais sobre a vida”.
Maurício Dutra também se encontrou com o presidente da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, vereador Gustavo Mendanha, que também se considera um entusiasta da Escola da Inteligência. Em Goiânia, o secretário conheceu a sede da Inteligência Educacional e a equipe que faz capacitação de professores, palestras para pais e acompanhamento pedagógico durante a aplicação do programa.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212