Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Estado do Rio de Janeiro confirma a 18ª morte por febre amarela - Jornal Brasil em Folhas
Estado do Rio de Janeiro confirma a 18ª morte por febre amarela


Um homem de 38 anos morreu de febre amarela em Angra dos Reis (RJ), na madrugada desse sábado (3). A informação foi dada pela Secretaria municipal de Saúde da cidade. Wosley Ferreira da Silva era morador da Praia do Provetá, na Ilha Grande, e estava internado no Hospital Geral da Japuíba, em Angra. Ainda segundo o órgão, a vítima esteve recentemente na Praia da Longa, também na Ilha Grande, onde foi confirmada a morte de um macaco por febre amarela. A suspeita é a de que Wosley tenha contraído a doença lá.

Com isso, sobe para 18 o número de mortos no Estado, sendo dez registrados em cidades do Sul do Rio. Na sexta-feira, um homem de 55 anos, que morava na área rural de Valença morreu. Ele estava internado em um hospital no Rio há mais de 20 dias.

Na semana passada já haviam sido confirmadas as mortes de uma pessoa de Rio das Flores e de um médico, de 62 anos, que estava no sítio dele no distrito de Sebollas, em Paraíba do Sul, e morreu por causa da doença. Nove pessoas estão internadas com a doença no Hospital Escola de Valença. Ainda segundo a Secretaria de Saúde, outras 13 pessoas também estão internadas na unidade com suspeita da febre amarela. A morte de Wosley acontece no auge da temporada de férias de verão, quando a Ilha Grande é muito procurada por turistas.

Mutirão. Nesse sábado (3), o Estado de São Paulo realizou o chamado “dia D” da vacinação contra a febre amarela em 54 cidades da Grande São Paulo, do Vale do Paraíba e da Baixada Santista. Até o dia 17 de fevereiro, o governo do estado pretende imunizar 9,2 milhões de pessoas. Para se vacinar, é preciso levar documento de identidade e carteiras do SUS e de vacinação.

A campanha será feita com a dose fracionada da vacina. Segundo o Ministério da Saúde, a dose fracionada tem eficácia de oito anos, e quem já se vacinou não precisa de nova imunização.


 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212