Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Rio de Janeiro tem 15 baleados e sete mortos em menos de 24 horas - Jornal Brasil em Folhas
Rio de Janeiro tem 15 baleados e sete mortos em menos de 24 horas


Operações da Polícia Militar deixaram cinco mortos neste sábado (3) no Complexo do Chapadão, na zona Norte, e na Cidade de Deus, na zona Oeste. Em menos de 24 horas, foram 15 baleados e sete mortos no Rio. De acordo com a PM, três suspeitos foram baleados durante troca de tiros no Chapadão, em Costa Barros. Willians Paulo Sousa de Almeida, 24, Pablo Ferreira de Oliveira, 19, e Vademir Souza da Conceição, 20, foram levados ao Hospital Estadual Carlos Chagas, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Por volta das 17h deste sábado (3), PMs balearam dois suspeitos no Chapadão durante troca de tiros. Um deles morreu e o outro está internado. Em outro confronto, na Cidade de Deus, dois suspeitos foram baleados. Um deles morreu. A PM prendeu quatro homens e apreendeu uma pistola e drogas.

Desde a tarde de sexta-feira, a região da Praça Seca, na zona Oeste, tem registrado intensos confrontos armados entre grupos de milicianos e traficantes que disputam o controle do território. Na sexta-feira, dois homens haviam sido baleados por volta das 20h na porta de um supermercado também na Cândido Benício, que é uma das principais vias do bairro.

Um deles foi David Grigiorio, que chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Madureira, mas não resistiu ao ferimento. A outra vítima foi identificada como Wellington Aurelio Castro, 25, que foi socorrido para o Hospital das Clínicas de Jacarepaguá e operado durante a noite.

Pelas redes sociais, neste sábado (3) pela manhã, moradores da região relataram que os tiroteios recomeçaram. A PM informou que reforça o policiamento na região.

Na madrugada, na Avenida Brasil, o conflito fez mais uma vítima. Um jovem de 21 anos identificado como Emanuel Octavio de Oliveira Resende foi baleado na cabeça numa tentativa de assalto, na altura de Bangu, na zona Oeste. Ele foi socorrido no Hospital Municipal Albert Schweitzer.

Baleado. Um PM foi baleado na cabeça após reagir a uma tentativa de assalto em Itaboraí, na região metropolitana do Rio, na noite de sexta-feira. Ele foi sorrido e levado para o hospital.

Redução. Em meio ao agravamento da criminalidade, as favelas com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) registraram em janeiro cerca de 30% de todos os casos de tiroteios e disparos de arma de fogo na região metropolitana do Rio de Janeiro. Foram 207 casos contra 688 registros no total.

Disparos. No primeiro mês deste ano, 146 pessoas morreram vítimas de disparos de arma de fogo na capital e região metropolitana – 32 das mortes aconteceram em áreas com UPPs.


 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212