Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Dentes do Homem de Neandertal eram digeridos por grandes carnívoros - Jornal Brasil em Folhas
Dentes do Homem de Neandertal eram digeridos por grandes carnívoros


Como encontrar traços do Homem de Neandertal? Nos restos de alimentos excretados pelos grandes carnívoros, que o saborearam há cerca de 50.000 anos, segundo um estudo publicado na revista Paleo.

Ao escavar o sítio arqueológico de Pradelles, em Marillac-le-Franc, na Charente (oeste da França), os arqueólogos descobriram que os dentes identificados até então como dentes de leite de gado ou cervo eram na verdade dentes humanos.

Esses dentes, segundo os pesquisadores, passaram pelo trato digestivo de grandes carnívoros. Por causa do ataque da acidez e das enzimas dos sucos gástricos, esses dentes neandertalianos não se assemelhavam a dentes humanos, e por isso os pesquisadores os atribuíram ao gado ou cervo, explica Bruno Maureille, paleontólogo e coautor do estudo.

Para chegar a essas conclusões, a equipe internacional estudou as mudanças morfológicas que os dentes tiveram que sofrer desde a morte de seu dono. Eles também foram capazes de definir uma série de critérios que facilitarão sua identificação no futuro.

O esmalte dental é a parte mais resistente do corpo humano, o resto desapareceu totalmente durante o processo digestivo dos carnívoros, explica o paleontólogo.

Pode haver dentes humanos parcialmente digeridos em todos os depósitos entre o início da história da linhagem humana e o fim da existência dos grandes carnívoros (como a hiena das cavernas) há ao menos 12.000 anos, acredita o diretor de pesquisa do CNRS.

Isso enriqueceria enormemente o número de fósseis humanos que os pesquisadores tanto sentem falta.

O sítio arqueológico de onde vieram os dentes estudados é único, muito especializado, porque servia apenas como açougue para os neandertais que não moravam lá, mas o usavam para fazer os cortes de carne.

Os homens traziam as carcaças de renas para tratá-las e extrair um máximo de recursos, diz o arqueólogo que pesquisou o sítio por mais de 10 anos.

Mas as renas não eram as únicas a passar pelo corte neste local: supomos que os neandertais trouxeram alguns de seus contemporâneos a este depósito para cortá-los, assim como outros animais.

Então, se por acaso, os homens canibais não comiam tudo (...), os carnívoros chegavam e se aproveitavam do que os homens deixavam, explica o pesquisador.

E o homem de Neandertal era muito apreciado pelos grandes carnívoros.

Foram encontrados no sítio arqueológico mais de quinze dentes digeridos, explica Bruno Maureille.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212