Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Com CDB de banco grande investidor deixa de ganhar mais de R$ 100.000 no longo prazo - Jornal Brasil em Folhas
Com CDB de banco grande investidor deixa de ganhar mais de R$ 100.000 no longo prazo


SÃO PAULO - Os CDBs (Certificado de Depósito Bancário) são ótimas opções de investimentos para quem tem pouco apetite ao risco e busca aplicações em renda fixa. No entanto, buscar pelos CDBs oferecidos por grandes bancos significa deixar de ganhar dinheiro. Isto porque Bradesco, Itaú, Santander, Caixa e Banco do Brasil pagam bem menos aos investidores na comparação com os CDBs emitidos pelos bancos pequenos e médios que ficam disponíveis nas plataformas das corretoras de valores.

O tipo mais comum de CDB é o pós fixado, em que a rentabilidade está atrelada a uma taxa de referência - em geral, o CDI (Certificado de Depósito Interbancário), taxa que acompanha de perto a Selic (taxa básica de juros). Assim, se um CDB promete retorno de 100% do CDI significa, hoje, rentabilidade bruta (sem descontar o IR) próxima de 7%.

Por isso, especialistas em finanças costumam recomendar CDBs que paguem, no mínimo, 100% do CDI quando o investidor quiser liquidez diária. Já quem pode deixar o dinheiro aplicado por mais tempo, como um ou dois anos, pode receber até perto de 120% do CDI. No entanto, é possível checar na tabela abaixo que os maiores bancos do país estão muito longe de oferecer esse valor de retorno.
Nas corretoras, é possível verificar também qual a avaliação de cada CDB por agências de ratings. Tal qual os países são avaliados e recebem uma nota de acordo com seu risco, muitas aplicações também vêm com esse selo que ajuda os investidores a escolher os títulos mais seguros.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212